2014/01/12

Windows 9 chega em Abril de 2015?


Ainda estaremos a mais de um ano de distância, mas parecem haver indicações que apontam para que a próxima versão do Windows, por agora tendo o nome de código "Threshold", vai chegar em Abril de 2015 e terá o nome oficial de Windows 9.


Se assim se verificar, poderemos considerar que - mesmo se publicamente a Microsoft poderá continuar a insistir que o Windows 8 está a ser um sucesso - será o reconhecimento de que na verdade se querem distanciar dessa versão e apresentar algo "novo" que esteja livre das conotações negativas que o Win8 tem tido (quer seja uma fama justa ou injusta). Alguns poderão dizer que estamos novamente perante a "maldição" Windows, em que as versões vão alternando entre as versões "boas" (98, XP, Win7) e as "dispensáveis" (como o Windows Me, Vista).

É esperado que a Microsoft volte atrás e passe a dar mais importância ao modo desktop - podendo passar a correr apps Metro em modo janela - sendo que por nós, bem poderia aproveitar as sugestões daquele jovem designer que nos apresentou um "Windows 8.2". Mas mais que isso, penso que a verdadeira necessidade da MS reformular o Windows 8 se deve principalmente às empresas. O Windows 8 tem falhado em cativar as empresas, que assim vão adiando a migração dos seus parques informáticos; e por isso mesmo a MS precisa apresentar-lhes uma solução válida e que não se torne numa mudança tão radical como o Windows 8 foi. (Há funções "administrativas/avançadas" que no Windows 8 são uma autêntica dor de cabeça para se fazerem... ou que até foram removidas.)

Mais importante para os consumidores e utilizadores do Windows que pretendam continuar a sê-lo: se a tradição se mantiver... depois de um Windows 8 mal-amado seguir-se-á um Windows 9 que deverá ser "dos bons"!

10 comentários:

  1. Eu ainda estou para perceber o tanto alarido que se faz em volta do W8 ...
    O meu portátil está quase a fazer 5 anos e do raio é que nunca correu tão bem na vida.
    A mim parece-me que é mais medo que as pessoas de evoluir, ou simplesmente, se fosse feito por outra marca (outra qualquer) era a melhor coisa do mundo, era rápido, era leve e simples, tinha uma interface moderna ....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, de facto é muito difícil para certas pessoas perceber que os outros também têm direito de ter a sua opinião e se não gostam de uma coisa não gastam dinheiro nisso.

      Não temos que andar a suportar os devaneios da Microsoft só porque sim se não gostamos do rumo retardado que levam no UI.
      Logo não gastámos do nosso dinheiro a suportar essas tolices. Só tenho pena que não haja uma alternativa séria ao Windows como OS de PCs.

      Eliminar
    2. Rosmano tens sempre o W7, o OS X e as mil e uma edições de Linux .... por isso é só escolher

      Eliminar
    3. Boas,

      Você afirma:"estou para perceber o tanto alarido que se faz em volta do W8".

      Bem, faça o seguinte, reenicie o computador em modo segurança e depois tire um print screen e envie-me. Epa esqueça....estou a pedir algo do passado , agora estamos no windows 8.1 onde após um update ficar com problemas do boot você simplesmente reeinstala S.O. de novo, é o presente, é tudo mais simples. :-D

      A sério?? Com F8, modo segurança, bastava corrigir o boot, agora esqueça modo segurança.

      E já nem falo de outras questões como a estupidez de todos apps do metro estarem abertas(quase todas) na memória RAM a qual aí em PC de 4GB ram ficam lentos.

      E ainda pergunta porque tanto alarido?? :-P

      PS-uma das formas de recuperar o boot é restaurar o sistema operativo para um backup anterior, mas e se não têm esta função activa ou se o backup não resolve??

      cump

      Eliminar
  2. Eu acho caricato o windows server 2012 r2 perguntar-me se quero procurar tv's e dispositivos multimédia na rede, já para não falar daquele menu start com quadradinhos cinzentos otimizados para touch. Num servidor deve dar um jeitão. O que pensam aqueles engenheiros todos? Enfim...

    ResponderEliminar
  3. Na minha empresa fomos OBRIGADOS a atualizar para o 8.1. É um martírio trabalhar com aquele PC. Tudo é mais lento e demorado. Em casa não faço o update, o 7 enche-me as medidas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foram obrigados porquê? Politica da empresa ou utilizavam um SO mais antigo?

      Eliminar
    2. Quem diz que é mais lento é por embirração mesmo. O Windows 8 é claramente mais rápido e leve. No entanto, e aí sim dou razão, para produtividade o novo menu é simplesmente um desastre.
      Há que ser justo nas criticas. E a lentidão do sistema não é uma delas.
      A produtividade por outro lado, talvez.

      Eliminar
  4. Vai ser interessante ver o que vão fazer com o Windows 9. A minha opinião é que vão ter duas versões:
    - Uma "Home Edition" sem desktop, apenas com a interface RT, que será acompanhada por uma versão do Office (com opção de subscrição para ter acesso a funções avançadas) também com essa interface. Esta versão será importante, não só para tablets, mas também para competir com os Chromebooks e encorajará o uso do Sky Drive, bem como um preço para as OEM bastante baixo.
    - Uma versão "Pro" que será mais ou menos como o Windows 8.1, com mais melhorias (tendo a ainda a desktop).
    Apenas a versão Pro terá compatibilidade com aplicações Win32 e Win64 e será a única a ser posta à venda como "retail".

    Pelo menos esta é a minha opinião, e espero sinceramente que não esteja correta, porque senão... a tradição não se mantém.

    ResponderEliminar
  5. Seriam mais inteligentes se tentassem acabar com o conceito "windows" e passassem para algo diferente... "doors", "roofs", "floors", dêem-lhe o nome que quiserem, mas mudem, mudem para outra coisa, não sei o quê, mas mudem... Para melhor, claro!

    ResponderEliminar

[pub]