2018/02/05

Google remove mais de 700 mil apps maliciosas do Google Play

Manter a Play Store da Google a salvo de apps indesejadas não é tarefa fácil, mas as ferramentas automatizadas da Google parecem estar a ter bons resultados, ajudando a manter essas apps longe dos equipamentos Android.


A Google tem vindo a implementar medidas que visam melhorar a segurança do Android ao longo dos anos. Uma das vertentes em que isso é feito é através da Play Store, que se torna num alvo bastante apetecível por dar acesso a centenas de milhões de utilizadores, que a tratam como garantia de confiança. Mas essa confiança está a ser continuamente posta à prova, e a Google tem desenvolvido novos sistemas de detecção de apps maliciosas e indesejadas, que já ajudaram a remover mais de 700 mil apps em 2017.

Mais de 100 mil developers acabaram por ser banidos da Play Store em 2017, e a Google resolveu não lhes facilitar a vida, com novos métodos que dificultam a criação de novas contas pelas mesmas pessoas.

Segundo a Google, 99% das aplicações foram identificadas e removidas antes que alguém as conseguisse instalar. É sem dúvida um excelente resultado, que só acaba por não ser ainda melhor, devido ao impacto que o 1% restante ainda consegue ter, junto dos utilizadores menos prevenidos.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]