2018/03/02

Amazon tira fotos das encomendas entregues à porta dos clientes


As compras online podem ser extremamente convenientes, mas depois há que lidar com o pequeno pormenor da recepção das encomendas. Nos EUA, a Amazon está a testar um novo sistema em que tira uma foto dos pacotes deixados à porta dos clientes, para comprovar que foram mesmo entregues.

Em Portugal, receber encomendas volumosas em casa é sempre um problema para quem passa o dia a trabalhar. O ritual normal consiste em chegar a casa, encontrar um aviso de tentativa de entrega, e depois ter que se deslocar à estação dos correios mais próxima para levantar a encomenda - situação que faz com que a maioria das pessoas que tenham essa possibilidade, optem por receber as encomendas no seu local de trabalho, ou na morada de um familiar ou amigo que costumem estar em casa durante o dia. Nos EUA (pelo menos nalgumas partes) as entregas são feitas "à confiança", deixando as encomendas à porta dos destinatários. E para adicionar uma validação adicional nesse processo, a Amazon está a tirar fotos das encomendas na porta do cliente.

Quando isto acontece, o cliente recebe logo de seguida uma notificação com essa foto, para comprovar que o pacote foi entregue (tendo também a opção de dizer que não quer que tirem fotos da sua porta, se assim o entender). Embora isto não invalide que a encomenda possa ser roubada posteriormente, ou que um estafeta malicioso tire a foto para logo de seguida ir embora com a encomenda debaixo do braço; pelo menos dá uma garantia adicional de que a encomenda esteve fisicamente à porta do cliente - eliminando potenciais esquemas de encomendas marcadas como entregues sem que o tenham sido.

Considerando que por cá também lidamos com situações idênticas - quando as empresas de transportes estão sobrecarregadas, é comum que os motoristas marquem as encomendas como entregues (para preencherem a sua quota de exigências diárias) sem que sequer tenham passado pelo local - este seria um bom sistema para combater essa situação que se revela extremamente frustrante para os clientes.

... E assim se começa a perceber porque é que a Amazon terá pago mais de mil milhões de dólares pela Ring e as suas campainhas com câmaras, que facilitaria e automatizaria todo este processo (para além das demais vantagens de uma "campainha inteligente").

3 comentários:

  1. Se calhar sou só eu mas para mim deixado na rua à porta de casa não é entregue a não ser que tenha sido isso o combinado. Por isso é que sou a favor dos pontos de recolha. Se as pessoas não estão em casa vão buscar a um ponto de recolha. Deixar na rua é que não.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não esquecer que os EUA são um país mais civilizado do que Portugal. Em Portugal deixavam à porta de casa, ao fim de 2 minutos já tinha sido roubado.

      Eliminar
    2. Não, os USA não são mais civilizados que PT, a propriedade privada é que tem um valor muito mais alto. Quem a invade pode levar um tiro, sem que o dono do sítio vá sequer a tribunal (desde que se prove que havia um "invasor" na sua propriedade). Tenta fazer isso cá: ainda vais ter que indemnizar o ladrão e vais preso...

      Eliminar

[pub]