2018/04/19

Apple recusa reparar iMac Pro


Depois das polémicas com o bloqueio de componentes em reparações não-oficiais nos iPhones, a Apple volta a ficar no centro das atenções por não reparar um dos dispendiosos iMac Pro.

Linus Sebastian, o popular youtuber do canal Linus Tech Tips, demonstrou não estar imune aos azares do ofício. Depois de ter desmontado o iMac Pro num dos seus vídeos, o processo de voltar a montá-lo correu mal, tendo partido o ecrã e danificando alguns componentes internos. Dirigiu-se então à Apple para que reparassem o computador (que, para quem não souber, é máquina que por cá começa nos 5600 euros e pode chegar a mais de 15 mil euros, dependendo das opções escolhidas).

Importa referir que estava plenamente consciente de que a reparação não seria feita ao obrigo da garantia, por ter aberto e mexido no computador, e que teria que pagar o "preço que a Apple pedisse"... mas é aí que as coisas se complicaram, pois a Apple recusa-se a reparar o computador, alegando que não tem peças para efectuar a reparação. Quando contactaram um serviço de assistência autorizado, a resposta foi ainda mais curiosa, pois aparentemente a Apple só lhes poderá enviar peças para o iMac Pro depois de terem obtido a certificação para a reparação deste modelo, certificação essa que de momento a Apple não disponibiliza.

Ou seja, um cliente que comprou um iMac Pro e que está disposto a pagar pela reparação (ou até mesmo a comprar as peças para ser ele a resolver o problema) não tem solução para por o seu iMac Pro a funcionar. Algo a ter em conta caso estejam a pensar gastar uns largos milhares de euros na compra de uma destas máquinas...


16 comentários:

  1. Convém perceber a história toda: https://www.youtube.com/watch?v=aF6l2ydXtW4

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que isso tem a haver? O Linus queria PAGAR o reparo... não pedir garantias... Esse video so tem o homem a explicar que não pode fornecer garantia a algo que foi (propositadamente ou não) danificado... A Apple não pode reparar porque não tem a certificação em dia...

      Eliminar
    2. *sigh* Está bem explicado no vídeo que segundo os termos da Apple qualquer intervenção feita por um técnico não autorizado invalida a reparação mesmo fora da garantia.

      Eliminar
    3. João, ainda bem que nem tudo é Apple. Imagina no carro... eu mudava o retrovisor do meu carro por um aftermarket e dp a marca do meu carro nunca mais me reparava nada do carro...

      Eliminar
    4. João *sigh* só te esqueceste daquele pequeno pormenor de que isso é ilegal...
      https://www.theverge.com/platform/amp/2018/4/10/17220462/ftc-reminds-companies-warranty-stickers-are-illegal

      Eliminar
    5. Carlos *sigh*: https://abertoatedemadrugada.com/2018/04/t-mobile-usou-toques-falsos-de-chamadas.html não é por isso que não se faz.

      Eliminar
    6. Diogo, plenamente de acordo. E espero que o caso ganhe tração para que este tipo de comportamentos seja de que marca for não passem impunes.

      Eliminar
  2. no video dele eles diz mesmo que nao querem reparação ao abrigo da garantia, que eles estragaram logo eles pagam do bolso deles.
    se a apple disse-se que nao da cede pecas para reparação fora da garantia era uma coisa mas a confusao que eles mostram é que é engracada.

    ResponderEliminar
  3. continuemos a comprar apple e implicitamente a apoiar a gaiola dourada e estas politicas, tudo por um shinny logo

    ResponderEliminar
  4. Ok, a cena inicial de quebrar o equipamento foi encenada, não foi? (embora não altere nada na questão central deste tópico)

    A grande pergunta que fica no final disto tudo é mesmo esta:
    Que vantagem tem o consumidor ao adquirir equipamentos Apple?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pronto, está aqui a resposta à minha própria questão. Não há vantagens!
      https://www.youtube.com/watch?v=T_Dow455ViI

      Eliminar
  5. Não foi encenada.. Ao voltar a montar o ecrã algo correu mal e escorregou das mãos e ao bater na mesa partiu..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, mas no vídeo foi uma "re-encenação" (provavelmente não estavam a gravar quando partiram a sério da primeira vez).

      Eliminar
  6. Já tinha visionado este vídeo e fiquei escandalizado até pelo valor do produto em questão.

    Enfim parece que já nada me surpreende mas no final existe sempre alguma coisa que bate com mais força e de novo vem a sensação que estamos mesmo na mão de autenticos piratas .

    ResponderEliminar
  7. Não percebo o escândalo, a apple tem isso nas condições, e faz o mesmo com os iphones se chegarem la e tiverem em falta parafusos no interior por exemplo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. https://www.theverge.com/platform/amp/2018/4/10/17220462/ftc-reminds-companies-warranty-stickers-are-illegal

      Eliminar

[pub]