2018/07/21

Google clarifica questão do domínio duck.com


Esta semana o DuckDuckGo alertou para o facto da Google deter o domínio duck.com e estar a redireccionar para o google.com, e agora a Google veio esclarecer o que se passava e rectificar a situação.

A situação era caricata e deixava a Google numa posição ingrata de parecer estar a abusar da sua dimensão e poderio financeiro para "roubar" alguns utilizadores que pudessem pesquisar pelo DuckDuckGo e por algum motivo fossem parar à página duck.com, mas a verdade é que a situação tinha uma explicação que remonta a 2010.

A Google ficou com o domínio duck.com quando comprou a On2, que anteriormente tinha o nome Duck Corporation, em 2010. Embora o DuckDuckGo tenha sido criado em 2008, é muito pouco provável que nesta altura a Google estivesse com "segundas intenções" quanto à obtenção deste domínio com o intuito de prejudicar o DuckDuckGo. Aliás, mesmo não tendo qualquer obrigação disso, a Google alterou a página do duck.com, que já não redirecciona para o google.com mas sim para on2.com, onde exibe uma explicação:

A par da explicação de como obtiveram o domínio, a Google disponibiliza também um link para o site ducks.com (que redirecciona para uma loja de pesca), um link para o DuckDuckGo, e também um link para o artigo referente a patos na Wikipedia.

O CEO do DuckDuckGo já disse estar satisfeito com esta alteração, que evita confusões de quem pesquisar pelo seu motor de busca... e claro, aproveitou também a oportunidade para perguntar se a Google não estará disponível para vender este domínio ao DuckDuckGo.

... Por muita boa vontade que a Google tenha demonstrado neste caso, parece-me que não chegará aoponto de se desfazer deste domínio.

2 comentários:

  1. Esta polémica até me fez mudar para o DuckDuckGo visto que o este não tem a parvoíce do Google de me dar resultados conforme o país onde estiver. Como no trabalho a net é de um link P2P para Espanha e como tenho ido ao estrangeiro, os resultados ficam sempre a desejar. Com o DDGo isto ficou resolvido é uma questão de me habituar. Entretanto acho que a DDgo em vez de se mostrar contente devia pedir desculpa por falsos testemunhos.

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde, mas pode-se configurar o motor da Google para procurar primeiro endereços de Portugal ou mesmo até as línguas que tu queres .

    ResponderEliminar

[pub]