2018/08/06

General Magic - a empresa que inventou o "iPhone" que o tempo esqueceu


É bem provável que a maioria das pessoas nunca tenha ouvido falar da General Magic ou do "Pocket Crystal", mas esta é mais uma das muitas empresas que teve o azar de querer revolucionar o futuro antes das condições o permitirem.

A General Magic foi fundada por três veteranos da Apple que ajudaram a criar o Mac, mas que acabaram por se lançar na sua própria aventura com a visão de criarem aquilo a que chamavam um "Personal Intelligent Communicator", um dispositivo que as pessoas pudessem transportar no bolso e ter acesso a "tudo". O ano era 1990 - cinco anos antes de se ter o Windows 95 - quando os telemóveis eram "tijolos" e a ideia de os utilizar para aceder à internet era ainda uma utopia.

As dificuldades eram mais que muitas. Não só a ideia de criar um dispositivo portátil com funcionalidades de computador era já uma desafio gigantesco, como juntar-lhe toda a componente de comunicações wireless de um telemóvel elevava a fasquia para um nível "impossível". Mas a equipa lá foi superando obstáculo após obstáculo. O seu sistema já antecipava que um chip mobile não tivesse capacidade para fazer o tipo de processamento que eles desejavam, pelo que existia toda uma componente de "cloud", em que o processamento era parcialmente feito remotamente, enviando depois objectos para serem executados localmente - não esquecer que o primeiro browser para aceder à internet só seria criado em 1993!

O seu Pocket Crystal era praticamente o equivalente de um iPhone, vinte anos antes deste existir, e como podem antever pelo facto de ser "desconhecido", não conseguiu ter sucesso. As dificuldades eram muitas, tudo aquilo que pretendiam fazer implicava desbravar território com coisas que ainda não existiam (criaram o soft-modem, um modem que dispensava a maioria do hardware existente nos modems, trocando-o por software)... e o financiamento não era ilimitado. Mas os efeitos deste sonho nunca morreram, e as pessoas que passaram pela General Magic continuariam as suas carreiras, estando directamente relacionadas com a criação do iPod, do iPhone, e... também do Android (Andy Rubin era um dos "malucos" que por lá andava).

*na foto: Andy Hertzfeld, Marc Porat, e Bill Atkinson em 1990.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]