2018/08/25

Google França encerra página no Google+


Se dúvidas houvesse sobre o destino que a Google tem traçado para o Google+, eis que a própria Google França optou por encerrar a sua página no Google+, recomendando que os utilizadores usem o Facebook ou o Twitter.

A ideia era boa e parecia ter pernas para andar, mas a insistência da Google em querer forçar os seus utilizadores a usarem o Google+ acabou por impedir que a plataforma pudesse ter uma evolução que lhe permitisse ser uma verdadeira alternativa às redes sociais dominantes.

Desde a saída de Vic Gundotra da Google que o Google+ tem estado com os dias contados, e isso tem sido comprovado. O botão do Google+ que surgia na página de descrição das apps desapareceu em Agosto de 2016 e também os comentários feitos às apps deixaram de estar associados a um perfil do Google+. A app até foi actualizada no início deste ano, tendo sido refeita de raiz para tirar partido das funcionalidades disponíveis no sistema Android, mas tudo isso pode ter sido um esforço inglório.


O facto de a Google França anunciar que irá fechar a sua página no Google +, recomendando aos utilizadores que passem a recorrer à pagina do Facebook ou ao Twitter, não é mais do que uma confirmação da sentença de morte desta rede social.

Não podemos deixar de nos interrogar sobre como as coisas poderiam ter sido se a Google não tivesse tido a atitude prepotente de querer obrigar os utilizadores a usarem o Google+ à força... Quem sabe no que um pouco de humildade poderia ter resultado?


Imagem via AP

4 comentários:

  1. É triste, gostaria que mais pessoas usassem mas, se o Google+ fechar as redes sociais alternativas atuais em nada se assemelham e eu não mudo.

    ResponderEliminar
  2. Efetivamente as redes propostas pela Google França, não são, para mim, alternativa ao G+.
    Não se enquadram no que temos aqui e no conceito. Mas, se fechar ... adaptar-me-ei.

    ResponderEliminar

[pub]