2018/08/21

Huawei apanhada a usar selfies do Nova 3 captadas por uma DSLR


Depois da Samsung Brasil foi agora a vez da Huawei Egipto ser apanhada a usar fotos que não pertencem ao smartphone anunciado, sendo que neste caso foi apanhada com ajuda de uma foto dos bastidores que revela a utilização de uma DSLR.

A internet não perdoa, uma vez publicado, tudo permanece para sempre nas redes. Desta vez foi uma actriz Egípcia, Sarah Elshamy, a publicar no Instagram imagens dos bastidores da rodagem da campanha publicitária que a Huawei Egipto levou a cabo para promover o Huawei Nova 3, onde ela participou.



Durante o vídeo vemos por diversas vezes o casal de protagonistas a usar o Huawei Nova 3 para captar selfies. Numa das situações, o objectivo era demonstrar a eficiência do modo "beleza", com a actriz a ser convidada a dispensar a maquilhagem. A fotografia é supostamente obtida sem que a senhora tenha tido tempo para se aprimorar, razão que motiva a sua surpresa com o resultado da imagem obtida.


O problema é que na imagem publicada pela actriz a mostrar os bastidores, podemos ver um dos momentos onde a actriz e o seu parceiro tiram uma suposta selfie, sem qualquer smartphone na mão, com a imagem a ter sido obtido com uma câmara DSLR profissional.


Esta situação não é nova na Huawei, com a casa mãe a ter cometido o mesmo erro na promoção do Huawei P9. São situações indesejadas, que em nada abonam em favor das marcas que a ela recorrem (e neste caso da Huawei em concreto, que tem no seu P20 Pro a actual referência da qualidade fotográfica nos smartphones, torna-se ainda mais penalizador).

Aquela que seria uma excelente ideia para publicitar localmente as capacidades fotográficas do smartphone, acabou assim por se tornar num alvo de crítica indesejada para a marca, com repercussões a nível global.

2 comentários:

  1. ahahah olha outros. que palhaçada ridicula

    ResponderEliminar
  2. No P9, um mimo foi o que respondeu a Huawei face às críticas:

    "A foto não significa realmente que foi tirada com o P9. Foi compartilhada para inspirar a nossa comunidade". Perdeu uma excelente oportunidade de estar calada.

    Há quem diga que não há publicidade negativa - o que é preciso é que se fale do produto. Se não fosse esta história, alguém tinha ouvido falar no Nova 3?

    ResponderEliminar

[pub]