2018/08/18

NASA tenta recuperar Opportunity da tempestade de poeira em Marte


Marte tem estado envolta numa tempestade de poeira à escala planetária, mas a NASA não perde as esperanças de que seu rover Opportunity consiga sobreviver a este evento.

O rover Opportunity tem estado em operação em Marte há quase 15(!) anos, mas desde o passado dia 10 de Junho que tem estado sem comunicar, impossibilitado de carregar as suas baterias com os painéis solares devido a esta mega-tempestade no planeta. Os cientistas acreditam que o pior da tempestade já passou e que neste momento a poeira já está a assentar, esperando-se que em breve se possam ter condições atmosféricas que permitam a passagem suficiente de luz solar para reactivar o rover.

Os cientistas estão optimistas, uma vez que as baterias estavam em bom estado e o local onde o rover estava acabara de entrar no "Verão" marciano - que com a ajuda da tempestade de poeira deverá manter as temperaturas suficientemente amenas para efeitos de não estragar as baterias.

Redobram-se por isso os esforços para tentar escutar qualquer sinal de vida emitido pelo rover, embora isso só deva acontecer quando as condições no solo forem bastante melhores; contemplando também as diversas possibilidades de como o Opportunity poderá ter reagido a esta tempestade: falha de energia, que colocaria o rover em modo de hibernação até que os seus painéis solares conseguissem gerar energia suficiente para a sua reactivação; falha do relógio, que impossibilitaria o rover de saber as horas pré-determinadas em que deveria tentar fazer o contacto; ou falha de comunicações, um modo em que, se estiver demasiado tempo sem receber comunicações da Terra, o rover assume que o seu equipamento de comunicações pode estar com problemas, tentando formas alternativas de contacto.

Poderão ser necessárias semanas - ou até meses - para se determinar o estado do Opportunity e avaliar que estragos a tempestade de poeira poderá ter feito... mas esperemos que este seja apenas mais uma das muitas dificuldades que têm sido superadas ao longo desta sua longa aventura marciana.

1 comentário:

  1. Curioso... A poeira em cima dos painéis solares não faria com que a captação de energia ficasse menos eficiente?

    Bem, mas se já lá está há 15 anos, já terá mesmo muito pó em cima...

    ResponderEliminar

[pub]