2018/09/05

Google remove Rootless Launcher da Play Store


O Rootless Launcher chegou recentemente à Play Store mas não permaneceu por lá muito tempo, com a Google a remover este launcher com a justificação de que infringe uma das regras definidas para as apps na sua loja.

Há muitos e bons launchers no Google Play, mas este Rootless Launcher não demorou muito tempo a a receber as atenções do grande público ao replicar a experiência de utilização de um Pixel, conseguida à custa de uma mistura de partes do Launcher do Android AOSP 8.1 e do Launcher usado nos Pixel 2.

No entanto, embora possa parecer "má vontade" por parte da Google, a verdade é que a remoção se deveu apenas a um pequeno detalhe / erro técnico que Amir Zaidi, o criador desta app, cometeu. O elemento que levou à remoção do launcher foi a apresentação de um popup a sugerir a instalação da app Bridge que dá acesso ao Google Feed. Coisa que a Google não permite da forma que estava feita. Adicionalmente, parece que também é suficiente para a proibição definitiva do nome utilizado internamente pela app, o que significará que quando a app regressar à Play Store e for instalada pelos utilizadores, será como se fosse uma nova app, tendo que ser reconfigurada de raiz.

Amir Zaidi reconhece que se tratou de um erro da sua parte e já apresentou uma explicação à Google, enquanto implementa uma forma alternativa de sugerir a instalação da app Bridge sem violar as regras da Play Store. Quem não quiser esperar e não se importar de instalar apps de outros lados, pode sempre recorrer ao Rootless Launcher no GitHub e evitar todas estas questões.

Actualização: já está de regresso à Play Store.

1 comentário:

[pub]