2019/02/22

Facebook vai encerrar Onavo


Depois de ter sido apanhado a contornar a App Store para instalar o Onavo em iPhones, o Facebook reconhece que não há forma de "dar a volta" ao assunto e anuncia que irá encerrar este seu serviço que permitia espiar que apps eram utilizadas.

O Onavo começou por ser uma das primeiras apps que, em iOS, permitia aos utilizadores terem uma ideia de que apps estavam a consumir dados - isso numa altura em que o iOS se limitava a apresentar um total de dados consumidos, sem indicar quais as apps responsáveis por isso. O serviço acabou por ser comprado pelo Facebook, mas sem nunca tornar essa relação demasiado visível, e passou a ser fornecido como sendo uma VPN para proteger os utilizadores... com a "menção" de que os dados poderiam também ser recolhidos para análise estatística do tempo de utilização de cada app (coisa que era feita mesmo quando se tinha o serviço desligado).

Esses dados eram bastante valiosos para o Facebook, tendo usado o Onavo para espiar a utilização feita de serviços rivais, e tido papel fundamental para a aquisição do WhatsApp (por o Facebook estar bem consciente do nível de utilização que estava a ter face ao seu próprio Messenger).

Uma vez mais, este encerramento "voluntário" do Onavo e remoção da Play Store surge apenas depois de ter estourado a polémica sobre as tácticas utilizadas para o fazer chegar aos smartphones, e de já ter sido corrido da App Store. De certa forma, assemelha-se mais a um "bode expiatório" que tenta fazer esquecer o incidente... Mas suspeito que não deverá demorar muito tempo até que se descubra que o FB arranjou outra forma de continuar a recolher este tipo de dados.

1 comentário:

[pub]