2019/04/24

Análise aos earphones Aukey EP-B80

A tradicional ficha de 3.5mm é cada vez mais rara nos smartphones, e hoje vemos (ouvimos) que tal se comportam os earphones bluetooth EP-B80 da Aukey.


Estes auriculares AUKEY EP-B80 destacam-se pela sua versatilidade, podendo ser opção em vários cenários de utilização. São confortáveis e disponibilizam uma qualidade sonora acima da média, graças a um controlador híbrido, que providencia um som mais limpo, dando destaque às frequências mais altas.

Os Aukey EP-B80



O exterior da caixa aponta desde logo para um empacotamento com um elevado nível de requinte, com os earphones gravados na parte frontal.



Os artigos vêm instalados num molde de plástico, com os earphones à direita, almofadas e bolsa de transporte à esquerda.



Por baixo desta superfície, uma segunda zona com os restantes acessórios.



Além dos earphones com um par de almofadas em espuma, vão encontrar dentro caixa os seguintes acessórios:
  • Documentação de referência
  • Cartão de boas vindas
  • Cabo USB para carregamento
  • Bolsa de transporte
  • 2 pares de almofadas de espuma
  • 3 pares de almofadas de silicone
Houve uma clara intenção de criar uma imagem forte, com os auriculares, cabo USB-C, bolsa e almofadas a apresentarem todos a mesma tonalidade.

A bolsa de transporte é um extra interessante, mas o tipo de abertura utilizado não é o mais indicado para o formato destes earphones Aukey EP-B80. A entrada tem pouca abertura, o que dificulta a inserção do auricular, e o gancho para apoio na orelha acaba por dificultar ainda mais o processo de arrumação do conjunto. Para contornar esta limitação, sugere-se agrupar os earphones e cabos no exterior, para facilitar a sua colocação no interior da bolsa de transporte.


Em utilização



Antes da primeira utilização, é necessário decidir qual o tamanho e tipo de almofada a utilizar, havendo duas opções em três tamanhos. Além do habitual silicone a Aukey disponibiliza igualmente almofadas em espuma. Sendo esta uma novidade (em termos pessoais) foi a opção escolhida para os testes. A espuma acaba por ocupar mais espaço que o silicone, podendo dar-se o caso de terem de utilizar um tamanho de almofada inferior ao que por norma utilizam neste tipo de produto.

O gancho que passa sobre a orelha abre a utilização destes Aukey EP-B80 aos praticantes de desporto, que podem contar com a certificação IP-X6, ficando salvaguardados os aguaceiros inesperados a meio de uma corrida.

Este sistema de fixação mostrou-se eficaz em termos de imobilização dos earphones, com estes a permanecerem no lugar mesmo com passadas mais fortes.


Os auriculares possuem o sistema de travamento no cabo de som, o qual permite um ajuste ao gosto do utilizador, com este a poder optar por uma disposição mais folgada ou mais apertada conforme a preferência. Este ajuste tem impacto directo na posição em que vai ficar o bloco de comando, pelo que devem ter em atenção o local onde este se vai posicionar, sobretudo se pretenderem efectuar ou receber chamadas.



É igualmente necessário garantir que os earphones estão carregados. Se não for esse o caso, devem proceder ao carregamento utilizando a porta USB-C e um carregador que já possuam. Os Aukey EP-B80 possuem duas baterias de polímeros de lítio com 60mAh cada, que levam cerca de hora e meia a completar o carregamento. Este é feito com uma relação bastante baixa, pelo que bastará utilizar um carregador mais antigo (5V/1A).

Segundo a Aukey, estes auriculares têm uma autonomia até 8 horas, mas os testes que efectuamos revelaram um desempenho inferior, na casa das 6h30m.



O emparelhamento é efectuado através do bloco de comando, que além da porta para carregamento, conta com um microfone, led de estado e três botões, com o botão central a servir para ligar o equipamento e também atender chamadas.

Ao ligarem os Aukey EP-B80 pela primeira vez, estes vão entrar automaticamente em modo de emparelhamento, bastando fazer o mesmo no equipamento ao qual desejam ligar os earphones. Para emparelhar mais equipamentos é necessário desligar os auriculares, ligando-os de seguida. O botão central deverá permanecer pressionado até que o led comece a piscar verde/branco. Em alternativa, podem desligar o Bluetooth da primeira unidade e tocar duas vezes no botão central.

Só é possível ter um equipamento emparelhado de cada vez, pelo que se pretenderem utilizar uma segunda fonte de som, terão de desligar os Aukey EP-B80 da primeira unidade e efectuar a ligação manual no segundo equipamento.

Quando se ligam os auriculares, estes vão estabelecer uma ligação com o último equipamento a que estiveram ligados. Caso pretendam ligar-se a outra fonte de som, bastará efectuar o procedimento acima descrito.



O botão central, além das funções já referidas, tem ainda mais três aplicações. Se pressionarem este botão durante dois segundos activam o assistente pessoal no smartphone (Google Assistant / Siri). Uma pressão mais longa desliga os auriculares. Nas chamadas, podem atender, desligar (pressão longa) ou efectuar uma chamada para o último número que ligaram através de um duplo toque.

Os botões +/- servem para aumentar o volume (pressão curta) e também para mudar de faixa (pressão longa).


Os earphones Aukey EP-B80 apresentam um sistema de drivers híbrido, com um controlador dinâmico a operar em conjunto com um controlador com "armadura".


Esta duplicidade, permite ganhos nos agudos, com os Aukey EP-B80 a operarem num intervalo de frequências, entre os 10Hz e os 22kHz.

Poderia dar-se o facto de este arranjo híbrido não passar de um puro artifício publicitário, mas não é esse o caso. Há um claro ganho de qualidade sonora, com o som a aparecer mais limpo do que é habitual no intervalo de preço em que estes Aukey EP-B80 se inserem.



Os agudos saem claramente favorecidos sem que os graves sejam seriamente afectados. O equilíbrio sonoro está bem conseguido, se bem que com uma tendência a puxar pelas frequências mais altas, o que poderá não agradar a todos os utilizadores.


Apreciação final



O preço pode ser um entrave à compra destes earphones Aukey EP-B80. O valor a que se encontram na Amazon.es (79,99€) acaba por ser superior ao preço pedido pela grande maioria dos auriculares in-ear disponíveis no mercado. A Aukey tem inclusivamente outros produtos com um preço inferior, mas estes EP-B80 têm argumentos que sustentam os cerca de 80€ que o consumidor terá de pagar.

O controlador híbrido foi uma surpresa bastante agradável, com a diferença da qualidade sonora a fazer-se sentir quando comparamos a mesma música noutros auriculares in-ear. Os graves são robustos, mas é a profundidade dos agudos que surge em grande destaque, possibilitando ao utilizador uma experiência de som que não é habitual neste tipo de produto.

Sendo um produto muito interessante, não está contudo isento de alguns pontos menos conseguidos, como é o caso da autonomia (6.5h) que acabou por ficar abaixo dos valores anunciados pela marca. O facto de não apresentar qualquer tipo de cancelamento de ruído acaba de alguma forma por ser ligeiramente minimizado pelas almofadas em espuma. A certificação IP-X6 e os ganchos de orelha, aumentam os cenários de utilização, podendo estes Aukey EP-B80 ser uma opção a ter em conta pelos praticantes de desporto. Pelas razões acima apresentadas, estes Aukey EP-B80, são merecedores de um distinto "QUENTE".




Aukey EP-B80
Quente

Prós
  • Hi-Res Áudio
  • Ficha USB-C

Contras
  • Autonomia abaixo do esperado
  • Sem cancelamento de ruído activo



Aukey EP-B80

Quente (4/5)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]