2019/04/10

Huawei disponível para vender chips 5G à Apple


Depois dos relatos de que a Apple terá ficado sem opções para o 5G após perder a confiança na Intel, eis que surge um potencial salvador improvável: a Huawei.

Não é segredo que a Huawei está na linha da frente na adopção e promoção do 5G, mas a empresa tinha dito anteriormente que o seu chip 5G Balong 5000, estreado no Mate X com ecrã dobrável, seria utilizado exclusivamente nos seus próprios smartphones. No entanto, a oportunidade de poder contar com a Apple como cliente (e "aliada") parece ter sido suficientemente atractiva para reconsiderar essa posição.

A Huawei diz estar disposta a fornecer chips 5G à Apple, embora neste momento falte verificar se será uma intenção real ou apenas uma manobra mediática. É que as relações entre os EUA e Huawei estão bastante más, e sendo provável que as actuais proibições de utilização de material Huawei se pudessem aplicar também aos chips no interior de iPhones e iPads.


Por outro lado, se a Apple utilizasse chips Huawei, serviria como um "atestado de confiança" de que efectivamente não há nada a temer na utilização de chips de comunicação Huawei (como tem sido feito na Europa), contrariando a posição oficial do governo dos EUA.

Pessoalmente, parece-me pouco provável que a Apple se queira meter no meio desta confusão entre EUA e Huawei, e também não penso que esteja com muita pressa para adicionar 5G aos seus smartphones. No entanto, se este ano isso ainda não irá ser um factor crítico, no próximo ano já será mais difícil explicar aos potenciais clientes porque é que os iPhones permanecem no 4G quando todos os topo de gama concorrentes já passaram para o 5G - especialmente tendo em conta os preços praticados.

Seja como for, foi uma jogada de mestre da Huawei, que fica a ganhar em qualquer um dos casos: quer a Apple aceite e passe a ser sua cliente nestes chips (e ganhando o sinal de confiança); quer a Apple não aceite (e fique na posição de "nós tentamos ajudar, mas eles não quiseram").

1 comentário:

[pub]