2019/05/01

Game of Thrones criticado por episódio demasiado escuro


Para além dos problemas no serviço de streaming da HBO, o episódio "The Long Night" (3º episódio da 8ª temporada) de Game of Thrones está também a ser bastante criticado por ser tão escuro que não "se vê nada".

Sem entrar em spoilers, podemos dizer que este é um dos episódios mais aguardados da série, mostrando uma imensa batalha. Infelizmente, para muitas pessoas, tentar perceber o que se passava numa batalha passada em quase total escuridão revelou-se um trabalho inglório, com queixas de milhares de fãs.

Queixas às quais o cinematógrafo Fabian Wagner, responsável pela filmagem do episódio, responde que o problema não é do episódio mas sim dos televisores dos espectadores. Justificação que poderá ser acertada (quantas pessoas terão os seus televisores devidamente calibrados) - mas que não deveria servir de desculpa. Claro que também não ajudará que a HBO não faça o streaming com um bitrate elevado ou, neste caso ainda mais importante, em HDR, que seria exactamente o que se precisaria.

É algo que só poderá ser tirado a limpo quando a HBO lançar esta temporada em Ultra HD 4K, mas até lá, se tiverem oportunidade, aproveitem para ir ver este episódio a casa de um amigo que tenha um televisor OLED ou um LCD topo de gama com local dimming; senão arriscam-se a ficar desapontados.

2 comentários:

  1. Por acaso não tive qualquer problema em ver este episódio na minha TV que é uma Sony com 4K e HDR com Quantum Dots e foi calibrada correctamente, a imagem estava excelente, já em casa do meu cunhado que tem uma FHD da LG, a imagem estava muito escura.

    ResponderEliminar
  2. Eu acho que a explicação mais simples é que em ambientes escuros o CGI não precisa de ser tão detalhado, ou seja, foi sobretudo uma opção economicista. Mas convenhamos, tendo em conta o episódio, o ambiente escuro também não ficou assim tão mal, afinal, era a batalha final contra o "Rei da Noite"

    ResponderEliminar

[pub]