2019/06/07

Google diz que impedir acesso da Huawei ao Android será risco para segurança nacional dos EUA


A novela do bloqueio dos EUA à Huawei continua a desenvolver-se, e agora é a própria Google que diz que se não puder continuar a fornecer o Android à marca chinesa, isso sim, resultará em riscos para a segurança nacional dos EUA.

Neste momento, o bloqueio imposto por Trump à Huawei, com vista a impedir que tenha acesso a toda a tecnologia e produtos dos EUA, mereceu uma isenção temporária até Agosto que lhe permite continuar a ter acesso ao Android - no entanto o futuro é incerto quanto ao que acontecerá a partir daí.

Agora é a própria Google que vem alertar os EUA que, se de facto for impedida de fornecer actualizações do Android e novas versões à Huawei, isso irá desencadear consequências que colocam verdadeiramente em risco a sua própria segurança nacional. Isto porque, como já tínhamos referido, esta medida irá obrigar a Huawei a criar a sua própria variante do Android, que a Google alega que irá conter mais bugs e vulnerabilidades, e que deixará em risco não só os utilizadores da Huawei mas, por associação, todo o mundo (não importa se usarmos um serviço e smartphone seguro, se a mensagem, foto, ou email que enviarmos for recebida por alguém que use um dispositivo vulnerável que permita espiar essas informações - ou vice-versa).

Resta agora saber se a administração Trump aproveitará esta "oportunidade" para afrouxar o bloqueio imposto à China, ou se continuará a insistir no bloqueio total e ficando a decisão final a cargo dos tribunais.

2 comentários:

  1. Não dá para usar gapp, como se usa quando instalamos o lineageos?
    Como funciona as atualizações de segurança nas roms alternativas?
    É só a huawei liberar o bootloader e usarmos outra rom.

    ResponderEliminar
  2. Já estou a imaginar o Trump acusando a Google tal como fez à CNN:
    "-You are fake news."

    ResponderEliminar

[pub]