2019/06/14

Streaming de jogos vai por limites de dados à prova


Os "limites secretos" de dados nos tarifários da internet vão ser postos à prova com a chegada dos variados serviços de streaming de jogos como o Stadia da Google.

Depois da proliferação dos serviços de streaming de vídeo, preparamos-nos para entrar numa era que o teremos o mesmo aplicado aos jogos. O Stadia da Google vai arrancar em Novembro, e se por agora se pode assumir que terá um volume reduzido de utilizadores (na vertente paga), o mesmo mudará no próximo ano quando for disponibilizada a modalidade gratuita. Mas para o efeito, o que interessa mesmo é o consumo de dados que este serviço - e outros idênticos - representa.


Para o Stadia a Google indica um valor de 35Mbps para jogos com a qualidade máxima (4K, HDR, 60fps, com som 5.1) o que se traduz num gasto potencial de quase 16GB por hora. Assumindo uma média de 10 horas de jogo por semana, estamos a falar de algo como 630GB de dados por mês - que facilmente podem duplicar para mais de 1.2TB/mês, se assumirmos duas pessoas a jogarem em multi-player - e isto sem contar com as centenas de gigabytes que poderão acumular com filmes e séries do Netflix e outros serviços de streaming.

O problema para os operadores é que, ao contrário dos filmes em streaming, que são estáticos e que podem ser alojados nas suas instalações para poupar os acessos para fora, os jogos em streaming são conteúdos dinâmicos gerados em tempo real, e que não haverá hipótese de alojarem nos seus próprios servidores.

Vai ser uma mudança significativa face ao panorama actual, em que um jogador pode descarregar um jogo de 50GB ou 60GB, mas depois não terá um consumo de dados significativo enquanto joga. Vamos lá ver se estarão preparados para isso ou se apenas assistiremos a um aumento do número de desculpas sem nexo quando os clientes baterem nos limites e ficarem com o acesso à internet reduzido a velocidades dos modems de há 40 anos atrás. (De qualquer forma, preparem-se para a eventualidade de alguns operadores se aventurarem na criação de uma taxa extra para o streaming!)

1 comentário:

  1. vao criar um plano extra para jogos streaming.... mais caro uns 10 euros por mes que o plano mais caro de cada operadora, com a indicacao de pings ultra baixos e sem qualquer limimte de trafego....

    depois, vai ser mais do mesmo... pings elevados e TS aplicado na hora de ponta!


    Anyway.... falta saber ate que ponto, os jogos em streaming iram vingar!

    ResponderEliminar

[pub]