2019/12/21

Motorola adia Razr devido a procura excessiva


Depois dos atrasos no lançamento do Galaxy Fold e do Huawei Mate X, é agora a vez da Motorola fazer o mesmo com o seu novo Razr, desta vez com a desculpa de haver demasiado interesse neste smartphone com ecrã dobrável.

Apresentado oficialmente em Novembro, o Razr tinha o início da comercialização marcado para o dia 26 de Dezembro com uma fase de pré-venda, com as primeiras unidades a chegarem ao mercado a 9 de Janeiro de 2020. No entanto, se se esperava que a Motorola tivesse aprendido com os erros da Samsung e lançasse um smartphone sem problemas na "dobradiça", parece que o elemento inesperado foi completamente diferente: um sucesso muito acima do esperado.

Com base no interesse que tem suscitado, que superou largamente as previsões iniciais da marca, a a Motorola decidiu adiar o lançamento. A pré-venda e a data de lançamento serão ajustadas por forma garantir um stock inicial que permita que todos os interessados consigam adquirir o smartphone dobrável da Motorola.

A Motorola não avança com qualquer previsão quanto a datas concretas, dizendo apenas que não prevê que as mesmas venham a sofrer uma "grande derrapagem" no tempo.

Com um Mate X confinado ao mercado chinês (e um novo modelo a apresentar no MWC) e o Razr sem data definida para chegar ao mercado, quem acaba por ficar numa posição vantajosa é a Samsung, com o seu Galaxy Fold a ser o "único" dobrável disponível para aquisição - enquanto também vai trabalhando num modelo idêntico ao Razr, com formato que, como se vê, parece ter sucesso assegurado.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]