2020/02/21

Google restringe acesso à localização em background no Android


Além das novidades preparadas no Android 11 para acesso à localização, a Google vai também apertar o cerco às apps que acedem à localização dos equipamentos em background sem terem motivos válidos para isso.

Embora com o Android 10 já tenha chegado a muito útil opção de apenas dar permissão de acesso à localização a uma app enquanto a estamos a utilizar - evitando qualquer suspeita do que pudesse estar a abusar dessa permissão para registar por onde se anda, mesmo quando já se saiu da app - a Google está consciente que há mais mil milhões de dispositivos no mercado que se mantêm em versões anteriores do Android, sem a protecção dessa opção. Por isso, avança com novas restrições que irão ser aplicadas ao longo dos próximos meses.

A partir de Agosto todas as novas apps Android que quiserem ter acesso à localização em background serão alvo de análise mais cuidada e precisarão de ter aprovação especial; e em Novembro, qualquer app na Play Store que aceda à localização em background e que não tenha essa aprovação será removida.

As apps que quiserem manter esse acesso terão que o justificar de forma válida, e explicar porque motivo não lhes bastará aceder à localização apenas enquanto a app está a ser utilizada. É uma boa forma de proteger os utilizadores independentemente de terem acesso ou não ao actual Android 10 ou futuro Android 11; e que na verdade já deveria ter sido implementada há mais tempo. Mas, como se costuma dizer, mais vale tarde do que nunca.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]