2020/04/11

Apple e Google preparam sistema de detecção de proximidade para alertar contacto com infectados


O coronavirus veio fazer aquilo que a Apple e a Google nunca tinham feito: colaborar num sistema de detecção de proximidade para alertar contacto com infectados - o chamado "contact tracing" - que funcionará em iOS e Android, e que promete manter a privacidade dos utilizadores.

Vários países têm recorrido aos smartphones para monitorizar a localização dos cidadãos de forma a conseguirem seguir a evolução do contágio do Covid-19. O problema é que frequentemente surgem múltiplas apps para o mesmo efeito, muitas delas levantando sérias preocupações quanto à privacidade, e onde cada um delas acaba por prejudicar o funcionamento das outras. Para que este tipo de sistema funcione, é fundamental que todos os smartphones adoptem o mesmo sistema, e é precisamente nisso que a Apple e a Google estão a trabalhar.

A ideia é cada smartphone manter um registo de todas as pessoas com quem esteve por perto nos últimos 14 dias (através de um identificador variável "anónimo" emitido via Bluetooth), e no caso de qualquer um desses contactos vier a confirmar estar infectado com Covid-19, aquela informação permitir alertar todos as pessoas que estiveram perto de si, para que possam tomar as devidas providências.


A Apple e a Google garantem que todo o processo é completamente anónimo, e que dispensa a necessidade de saber a localização das pessoas via GPS, já que apenas são guardados os identificadores variáveis das pessoas que estiveram por perto. Esta API será também aberta, para que apps de cada país possam usar este sistema como base.

Na prática, funciona um pouco de forma idêntica ao sistema de localização de equipamentos perdidos (e futuramente as AirTags) "Find my" da Apple; e bem que seria uma excelente oportunidade para que a cooperação da Apple e Google abrangesse também essa vertente.

Numa primeira fase este Contact Tracing será disponibilizado via app, mas futuramente deverá ser integrado nos próprios sistemas (Android e iOS) para se tornar "universal"; estando em ambos os casos sujeito à autorização de cada utilizador para participar nele.

1 comentário:

  1. Anónimo???

    E vão buscar os dados aonde? Se os dados estão a ser publicados anonimizados... Só se o próprio se marcasse como tal, e não estou a ver a acontecer.

    ResponderEliminar

[pub]