2020/04/09

Hangouts Meet passa a Google Meet


A Google continua a distanciar-se do Hangouts, que há muito tem morte anunciada (que vai sendo adiada), e agora dá mais um passo nesse sentido com o Hangouts Meet a transformar-se Google Meet.

Nesta altura em que milhões de pessoas trabalham a partir de casa por causa do coronavirus e precisam, mais que nunca, de ferramentas de comunicações e videoconferência, a Google continua com a falta de rumo que tem sofrido há vários anos a nível das apps e serviços para este sector. Seria uma excelente oportunidade para a Google mostrar a sua capacidade e mostrar o que o "Hangouts" vale, capitalizando as preocupações que vão surgindo sobre o Zoom, mas em vez disso, a Google acha que o melhor a fazer é trocar o nome para Google Meet para continuar a erradicação da memória do Hangouts.


De notar que a Google até já proibiu a instalação do Zoom nos computadores dos funcionários, algo que já demonstra como as coisas estão mal no interior da empresa: se tivesse uma política bem definida e um serviço de videoconferência que tivesse dado seguimento ao que o o Hangouts era, não seria preciso estarem a dizer aos funcionários para não usarem um serviço concorrente.

Para mim, o dia da morte do Hangouts será também o fim da minha confiança nas apps de comunicações da Google. Mesmo agora, ainda vou usando o Hangouts regularmente (com cada vez menos pessoas é certo) - mas já fui forçado a dar uso ao Messenger devido ao êxodo que houve do Hangouts. Quando encerrarem o Hangouts, por muito bom que seja a alternativa que vier a seguir, dificilmente conseguirão recuperar todos os utilizadores que perderam ao longo destes anos - e o Google Duo é disso um bom exemplo, é uma excelente app de videochamadas... que ninguém usa!

1 comentário:

[pub]