2020/06/17

Dropbox com gestor de passwords e backups de pastas adicionais


Depois de se ter dedicado a áreas que não era propriamente o que se esperaria do Dropbox, o serviço parece voltar a focar-se na sua funcionalidade principal de manter a sincronização de pastas entre diferentes equipamentos, mas incluindo também a gestão de passwords.

Sendo um fã do Dropbox desde os seus primeiros dias, confesso que não fiquei muito agradado com a sua mudança de rumo para ferramenta de produtividade, nem tão pouco com a limitação do número de equipamentos na conta gratuita - a par da continuamente ausente modalidade paga mais económica que seja mais apelativa para consumidores finais. Mesmo assim, continuo a dar-lhe uso, e a mais recente actualização vem com novidades bastante interessantes.

Para começar, o Dropbox passa a integrar um gestor de passwords. Uma funcionalidade que o Dropbox justifica com o facto de grande parte dos seus utilizadores utilizá-lo precisamente para sincronizar passwords entre equipamentos (assumindo-se que se refiram a pessoas que usam outros gestores de passwords).

Passamos também a ter um "vault", uma área mais protegida dentro do Dropbox onde se podem guardar documentos mais sensíveis, sendo necessário um código PIN para lhes podermos aceder (mas só para os utilizadores pagos, e por agora em fase beta).


Mas, talvez ainda mais interessante, é o Dropbox Backup. Um nome que por si só parece não significar muito (afinal, a pasta do Dropbox já funciona como "backup"), mas que esconde uma funcionalidade há muito pedida: a possibilidade de fazermos o backup e sincronização de pastas fora da pasta "Dropbox".

Adicionalmente, temos também a possibilidade de assinar documentos (fruto da aquisição do HelloSign) e a promessa de planos familiares, com 2TB de espaço partilhado por até 6 pessoas. Falta saber o preço, mas qualquer que seja, não será substituto para uma modalidade mais económica para utilizadores individuais. É que o plano Plus mais barato começa logo nos 120 euros por ano, o que é claramente excessivo. Lancem uma modalidade com menos espaço (até podia ser só 500GB em vez de 2TB), mas que fique pelos 25 euros anuais, e adiro logo.

1 comentário:

  1. Edward Snowden’s Privacy Tips: “Get Rid Of Dropbox,” Avoid Facebook And Google

    ResponderEliminar

[pub]