2020/07/27

Google prolonga trabalho em casa até Verão de 2021


O regresso à normalidade pós Covid-19 vai sendo sucessivamente adiada, com a Google a dizer que o trabalho a partir de casa será mantido até ao Verão de 2021, pelo menos.

Ao contrário do que tem acontecido noutros países, onde o regresso à normalidade já começou a ser feita com algumas precauções (aguardando-se para ver se não terá sido feita cedo demais), nos EUA existem ainda muitos estados onde o Covid-19 parece estar em fase de crescimento. Um cenário que invalida todas as esperanças de que tudo regressasse ao final antes do final do ano, e que é também demonstrado pelo facto da Google anunciar que irá manter o trabalho a partir de casa até ao Verão de 2021, e da Apple ter voltado a encerrar as lojas que tinha reaberto.

Fica assim demonstrado que, pelo menos nos EUA, o tão desejado regresso à normalidade parece não ter ainda qualquer expectativa realista para acontecer - apesar de, sob pressão de Trump, até o seu CDC (Centers for Disease Control and Prevention) estar a dar o dito por não dito e a contradizer-se, recentemente mudando de opinião e dizendo que os alunos poderão regressar às escolas e aulas presenciais já em Setembro, dizendo que o risco de Covid-19 é mais baixo entre o mais novos - mas sem elaborarem como é que isso funciona pela perspectiva que esses mesmos alunos irão regressar a casa ao final do dia, e ter contacto com pais, avós, etc.

Por cá, teremos que aguardar para ver como é que o Covid-19 irá evoluir neste período de férias - no qual muitos portugueses optarão por ficar em casa - mas onde não vão faltando alguns eventos e ajuntamentos que fazem temer que o trabalho feito até ao momento possa também ser posto em causa. De qualquer forma, não seria má ideia se muitas empresas começassem a considerar o trabalho remoto de forma permanente, para os casos em que isso puder ser feito, com mútuo acordo dos envolvidos.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]