2020/08/04

WhatsApp atira verificação das fake news para a Google


Em vez de tentar resolver por si só o problema das fake news como tem feito no Facebook, no WhatsApp a táctica acaba por ser mais simples, deixando isso a cargo dos utilizadores e de uma pesquisa no Google.

Combater as fake news é um trabalho inglório, e bastante mais difícil do que se possa imaginar. O Facebook tem tentado fazê-lo com recurso a parceiros "fact checkers" para verificar a autenticidade das notícias, e o resultado é que algumas dessas empresas são, elas próprias, bastante duvidosas - o que desde logo nos faz pensar se não será necessário ter outras empresas a verificar os verificadores de autenticidade de notícias. No WhatsApp as coisas complicam-se ainda mais devido à encriptação end-to-end, levando o Facebook a recorrer a outra táctica, que acaba por ser bastante mais simples.

Em vez de tentar determinar se algo é, ou não, fake news, no WhatsApp apenas detectam se uma determinada mensagem está a ser partilhada de forma viral e, nesse caso, apresentam um icon de uma lupa que se limita a redireccionar a mensagem para ser pesquisada no Google, incentivando os utilizadores a fazerem a sua própria investigação sobre se o assunto será real ou falso.

Desta forma, diz o WhatsApp, conseguem fazer o combate a notícias potencialmente falsas que se estejam a disseminar na rede, sem necessitarem saber qual o conteúdo ou links (que estarão inacessíveis devido à encriptação end-to-end). De certa forma, acaba por ser uma solução bastante elegante, que simplifica a vida ao WhatsApp, atirando a responsabilidade de ter alguma consciência quanto ao que se partilha para os próprios utilizadores, ao estilo do velhinho Let me Google that for you (que em tempos até deu origem a um Let me AadM that for you! :)

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]