2020/08/29

Xiaomi mostra 3ª geração de câmara invisível sob o ecrã


Depois de ter adiado o lançamento das câmaras invisíveis sob o ecrã dizendo que afectavam demasiado a qualidade, a Xiaomi partilhou detalhes sobre a mais recente geração do sistema, que promete aplicar aos smartphones já no próximo ano.

Na última década assistimos a uma evolução no sentido de fazer com que os smartphones se tornem num ecrã integral. Começamos pela redução das margens, que deu origem aos notches para albergar a câmara frontal, que se foram reduzindo e deram origem aos furos nos ecrãs, e agora aproximamos-nos dos ecrãs que poderão ter câmaras invisíveis sob eles.

A Xiaomi está orgulhosa da sua mais recente geração da tecnologia que permite colocar a câmara sob o ecrã.


Anteriormente, para o conseguir, utilizava um ecrã em que na secção sobre a câmara apenas um em cada quatro pixeis era um pixel activo, com o restante espaço a ser transparente para o sensor da câmara poder captar luz. O efeito secundário é que essa secção do ecrã apresentava uma resolução, brilho e qualidade de cor diferente do resto do ecrã.

Para a terceira geração, a Xiaomi consegue manter todos os pixeis activos mesmo na área sobre a câmara, mas aplicando-os sobre um plano transparente que permitirá que a câmara continue a poder funcionar. E desta forma, é praticamente impossível distinguir a secção da câmara do resto do ecrã.





Ainda resta a questão de saber quanto é que isso irá afectar a câmara frontal a nível da luminosidade recebida pelo sensor, mas de qualquer forma parece-me que poderemos marcar para 2021 o ano da morte dos notches e dos furos no ecrã.

Actualização: novo vídeo que mostra a diferença entre a mais recente geração desta tecnologia e a anterior.

1 comentário:

  1. Vamos esperar e ver a prática, teoria têm muitos. O ideal para a qualidade de imagem seria um oled e quando a câmara for necessária, desligam-se os pixeis à frente da câmara.

    ResponderEliminar

[pub]