2020/11/30

Infineon quer sensor Time-of-Flight em todos os smartphones

As câmaras 3D serão essenciais para potenciar a criação de sistemas de realidade aumentada de alta-qualidade, e a Infineon quer que todos os smartphones tenham um dos seus sensores Time-of-Flight.

Já passou uma década desde que pela primeira vez vimos e partilhamos a "magia" das câmaras Time of Flight, e finalmente parece que se vai concretizar a previsão de que estas câmaras se irão tornar banais e abrir todo um novo mundo de possibilidades.

Depois da Sony, é a Infineon a dizer que tem o sensor ToF ideal para aplicar em todos os smartphones. E, para se tornar atractivo face aos demais sensores, a Infineon diz que este seu chip pode detectar informação de distância de objectos a 10 metros, sem consumir demasiada energia.


É de imaginar que há medida que mais fabricantes forem usando estes sensores, a produção em volume inevitavelmente os fará ficarem cada vez mais acessíveis, abrindo a porta à eventualidade de realmente passarem a fazer parte do lote de coisas que passará a ser incluída em todos os smartphones sem que sequer se tenha que perguntar por isso, tal como aconteceu como muitos outros extras que, num passado distante, eram coisas que mereciam destaque - como o GPS (ainda me lembro de, nos tempos em que usava um Pocket PC, ter um módulo GPS externo a que acedia via Bluetooth e que por vezes podia demorar 5 ou 10 minutos a apanhar a localização inicial).

1 comentário:

  1. ", tal como aconteceu como muitos outros extras que, num passado distante, eram coisas que mereciam destaque - como o GPS (ainda me lembro de, nos tempos em que usava um Pocket PC, ter um módulo GPS externo a que acedia via Bluetooth e que por vezes podia demorar 5 ou 10 minutos a apanhar a localização inicial)."

    Lembro-me bem disso com configurações de portas serial e afins.e metade das vezes nao dava, e tinhamos os clientes a porta a perguntar sempre que faziam uma pequena mudança. :)

    ResponderEliminar

[pub]