2020/12/08

Google copia screenshots à iPhone

Com a última actualização, os Pixel da Google ganham um processo de captura de ecrã mais rápido, tal como nos iPhones.

Nos Pixel, ao estilo dos iPhones da geração Face ID sem o botão Touch ID, a captura de ecrã é feita através da combinação de teclas power + volume down (nos iPhones é power + volume up). A diferença é que nos Pixel a captura de ecrã só era activada depois de se pressionar os botões por algum tempo, coisa que agora a Google corrigiu, optando por seguir a táctica da Apple e de outros fabricantes.

Quer isto dizer que, a partir de agora, os Pixel passam a contar com capturas de ecrã imediatas assim que se pressionar a combinação de teclas.

Esta alteração pode dar origem a algumas capturas de ecrã acidentais ao agarrar no smartphone, mas esse será um pequeno preço a pagar pela velocidade que se ganha no processo, e que torna bastante mais prática a sua utilização, especialmente para todos aqueles que derem uso frequente a esta funcionalidade.

9 comentários:

  1. Acho bem mais prática a captura activada pelo gesture "3 fingers down" que por exemplo a xiaomi adotou na sua MIUI...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A MIUI também tem há muito a captura por este método, que eu prefiro, em simultâneo com o "3 fingers down"

      Eliminar
  2. Knock knock na huawei funciona tb muito bem.

    ResponderEliminar
  3. A Samsung tem isso há muitos anos... logo não é "à iPhone"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, quando foi o iPhone a popularizar a captura de ecrã com dois botões (ainda no tempo em que tinha botões). No Android a captura de ecrã só chegou no Android 4.0.

      Eliminar
  4. No meu Samsung A70 a combinação Power+Vol Down já faz a captura do ecrã imediata.
    Não preciso de ficar a carregar nos botões...

    ResponderEliminar
  5. Uau, isto é que é um artigo de m*rda. Desde que me lembro de usar um telemóvel Android (ainda na altura dos telemóveis BQ, há uns 7/8 anos) que esta feature esta disponível, e que a tenho usado desde sempre.

    Portanto, digam-me agora onde é que a Google está a copiar o que quer que seja "à iPhone" (que eu não sabia que era uma marca).

    Artigo tão inútil escrito claramente por um fanboy da Apple.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro SAC, quando se tratam de factos não há que estar dependente do que cada um "se lembra".
      "The iPhone was the first mobile phone to integrate the screenshot as a function in 2007, before Android followed suit in 2011." - link

      Acho que fanboy também englobará quem fica tão irritado com aquilo com que não concorda, que nem perde 5 segundos a fazer uma pesquisa no Google para verificar se realmente terá razão ou não.

      Eliminar
    2. SAC, vai lá passear o cão, que já estás há muito tempo confinado...

      Eliminar

[pub]