2021/01/16

Facebook adia partilha de informação do WhatsApp por 3 meses

O Facebook ficou mesmo preocupado com a reacção dos utilizadores à partilha de dados do WhatsApp, ao ponto de agora anunciar o adiamento da sua entrada em vigor.

O FB tem estado sob forte pressão desde que anunciou que iria exigir que os utilizadores do WhatsApp aceitassem partilhar alguns dados com o Facebook, coisa que originalmente tinha dito que nunca seria feita - mas que não se deverá aplicar aos utilizadores europeus devido às protecções do RGPD. Em resultado disso, muitos utilizadores demonstraram o seu descontentamento mudando-se para apps alternativas como o Signal e Telegram, que registaram um forte crescimento na última semana.

Tentando estancar a fuga de utilizadores (sem nos esquecermos que muitos utilizadores poderão estar a experimentar estas apps, mas acabarão por regressar ao WhatsApp em poucos dias), o Facebook tem tentado clarificar o que essa partilha de dados significa, e é precisamente essa a justificação que dá para o adiamento da entrada em vigor da partilha de dados do WhatsApp com o FB por 3 meses.

O WhatsApp promete ser mais transparente e claro no que irá ser partilhado com o FB, para evitar mal-entendidos e esclarecer os utilizadores de modo a que continuem a ter confiança na utilização do serviço.

Veremos como corre, já que não deixará de parecer suspeito que uma alteração "simples" e que não põe em risco a privacidade dos utilizadores agora vá precisar de 3 meses de esclarecimentos.

2 comentários:

  1. Temos pena, o mal está feito, no espaço de dois dias recebi dezenas de notificações de contactos que mudaram para o Signal ou para o Telegram. 3 meses de nada servem se mantiverem essa ideia. Lixo com Whatsapp. As pessoas migram para qualquer uma onde tenham os seus contactos, a nível de funcionalidades é praticamente igual usar A ou B.

    ResponderEliminar
  2. Se não se aplica aos utilizadores europeus devido às protecções do RGPD, porque os europeus receberam o ultimato, ou aceitas ou dia 8 só tens a opção de apagar a tua conta?
    Se já desde 2016 o whatsapp vem a compartilhar dados às escondidas com o facebook, o objectivo agora era só tornar a coisa legal pra fugirem às multa e também, posteriormente impedir que o whatsapp seja obrigado a ser vendido do facebook, alegando que a integração é tanta que será impossivel separa-los.
    Depois muitos dizem, o whatsapp/facebook não pode ler as tuas mensagens, então eu pergunto, duas pessoas numa conversa supostamente privada, falam em sapatilhas, televisões, ou qualquer outra coisa e de repente começam a receber publicidade em tudo que é sitio?
    Tu mencionas que os utilizadores acabarão por voltar ao whatsapp, veremos... muita gente ainda nem desconfiava que o whatsapp pertencia ao facebook. Praticamente todos os utilizadores do whatsapp já vieram fugidos do facebook messenger por falta de confiança no facebook.
    Agora mais este ultimato em forma de arrogante de imposição, as pessoas deixaram de ter confiança no whatsapp e por conseguinte experimentaram outros aplicativos onde perceberam que há vida pra lá dos facebooks/whatsapps e dos qual podem confiar.
    Eu acredito que as coisas dificilmente voltarão a ser como antes e não esquecendo que nada mudou, só foi adiado por mais 3 meses.

    ResponderEliminar

[pub]