2021/02/03

Starship SN9 volta a falhar a aterragem

O teste do protótipo Starship SN9 da SpaceX replicou demasiado bem o que aconteceu com o anterior SN8, falhando a aterragem.

Com todos os olhos postos neste SN9 para ver se a SpaceX conseguia fazer uma aterragem bem feita, após a aterragem falhada do SN8, infelizmente tivemos um momento de déjà-vu, com o protótipo SN9 a fazer o voo e as manobras de transição como esperado, mas voltando a falhar a aterragem. E desta vez de forma ainda mais violenta que na tentativa anterior.


Felizmente, a SpaceX já tem o protótipo SN10 pronto para dar continuidade aos testes, e esperemos que à terceira seja de vez!

Actualização: Elon Musk diz que foi "burrice", e vai adoptar nova técnica para os próximos lançamentos.

4 comentários:

  1. Estes videos da SpaceX faz-me lembrar os jogos do Spectrum que tínhamos a aterrar uma nave na velocidade certa sem demorar muito tempo para não gastar o combustível todo :)

    Por outro lado, gostava de saber porque decidiram aterrar a nave na vertifical com recursos a motores, em vez de aplicarem uns paraquedas quando a nave está na horizontal. Parece um sistema mais simples, muito menos complexo de implementar e mais barato porque não gasta combustível.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tenho certeza absoluta, mas a decisão de não usar para-quedas é relacionada com a possibilidade de aterrar em locais com diferentes densidades de atmosfera ou mesmo na ausência desta.

      Eliminar
    2. Um pára-quedas não faz parar, faz abrandar. E consegues abrandar proporcionalmente em função da área de pára-quedas que tens. Ora se estes protótipos são para testar as capacidades do Super Heavy que vai ultrapassar as 60 toneladas, não acredito que seja possível quantificar a área de pára-quedas necessária para que conseguissem "pousar" o foguete sem o danificar - não se esqueçam que o principal trunfo da SpaceX é reutilizar os foguetes!!

      Eliminar
  2. Parece que só 1 dos jatos é que estava a travar a descida no final...
    E tb me pareceu arriscado aterrar tão perto do outro novo, pois com a explosão parece ter havido ali muitas peças grandes a saltar bem longe, esperemos que não tenha danificado o casco do novo..

    ResponderEliminar

[pub]