2021/03/06

EFF arrasa FLoC da Google

A Google está a propor um novo sistema - FLoC - para suceder aos cookies dos browsers, mas a EFF não está convencida que isso seja do interesse dos utilizadores.

Todos os abusos cometidos por conta dos cookies nas últimas décadas levou a que os mesmos estejam prestes a ser erradicados para efeitos de tracking, ficando confinados a cada site e sem possibilidade de revelar dados a outros sites ou serviços. É algo que está a preocupar todos os envolvidos no "bilionário" sector da publicidade online (só em 2020 a Google facturou quase 150 mil milhões de dólares à conta da publicidade), e que tem dado origem a várias propostas. Do lado da Google, chega a promessa de que deixará de seguir os utilzadores, enquanto simultaneamente avança com um novo sistema alternativo aos cookies, o FLoC.

Se à partida poderiam já ficar desconfiados de ter um dos maiores interessados em fazer tracking dos utilizadores a propor uma alternativa e a dizer que não vão fazer tracking, não estão sozinhos. A EFF (Electronic Frontier Foundation) também está, e diz que o FLoC continuará a ser terrível para os utilizadores.

A ideia do FLoC é deixar de fazer o tracking dos utilizadores a nível individual, como acontece actualmente, e em vez disso criar grupos de interesses que englobem centenas de utilizadores. Se tecnicamente isso significa que não há tracking individualizado, a EFF relembra que, para todos os efeitos - da Google e demais empresas poderem continuar a apresentar publicidade direccionada para utilizadores tendo em conta os sites que visitaram - as coisas continuam na mesma. Argumenta a EFF que na era pós-cookies a questão não será encontrar uma nova alternativa que continue a permitir fazer o mesmo que se fazia com os cookies, mas respeitar os utilizadores e aceitar que estes não queiram estar a ser analisados a cada passo que dão na internet ou em cada coisas que fazem numa app.

Numa vertente mais "leve", esperemos que sirva também para que se acabe de uma vez por todas com os irritantes e inconsequentes popups de aceitação dos cookies que nos habituamos a clicar em cada site que se visita.


Actualização: afinal parece que havia motivos para isso, a Google anunciou que vai suspender os testes do FLoC na Europa por potencialmente violar o RGPD / GDPR.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]