2021/05/27

Smartwatches continuam a crescer - e Apple Watch a dominar

O sector dos smartwartches continua em crescimento, e o Apple Watch continua a ser o modelo que domina o mercado e que se torna no "alvo a abater" pelas demais plataformas.

Há cada vez mais pessoas que se deixam seduzir pelas vantagens dos smartwatches - nem que seja, como suspeito, pela vertente de registo de parâmetros de saúde que possam ajudar a sinalizar potenciais problemas, nas faixas etárias mais propícias a essas preocupações.

Segundo a Counterpoint Research, o mercado dos smartwatches aumentou 35% no primeiro trimestre face ao ano anterior, com o Apple Watch a ter registado um crescimento de 50% que aumentou a sua quota de mercado para os 33.5% afastando-o ainda mais dos seus concorrentes (Huawei caindo dos 10.1% para os 8.4%, Samsung a cair dos 8.5% para os 8%).
Também interessante é analisar a distribuição por plataformas, especialmente tendo em conta a recente aliança da Google (Wear OS) e Samsung (Tizen) em torno do Wear OS, e com o factor adicional da aquisição da Fitbit pela Google.

Segundo a Counterpoint, vemos que a Samsung levava vantagem face ao Wear OS e Fitbit, pelo que se levanta a questão sobre o que a Google lhe terá oferecido para que abdicasse disso em troca de apoiar uma plataforma com menor expressão. Mas, graças a isso e à aquisição do Fitbit, o WearOS passa a ter potencial para atingir uma quota de mercado de 15.7% - que mesmo estando distante dos 33.5% do Apple Watch, sempre será melhor do que partir dos valores de cada plataforma tem individualmente.

Teremos que aguardar para ver que tal o Wear OS 3.0 se irá comportar, sendo que por agora a Apple prepara alguns elementos adicionais de peso para a próxima geração do Apple Watch, como um sensor de glucose não invasivo, que tornará o Apple Watch num produto altamente desejado para todos os diabéticos.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]