2021/05/09

Zoom com acesso a API secreta no iPad

A Apple volta a ser apanhada em contradição, ao disponibilizar acesso a APIs secretas ao Zoom no iPad para fazer multitasking com a câmara.

Numa altura em que decorre o caso Epic vs Apple a propósito da App Store, e onde a Apple por várias vezes tem assegurado que trata todos os developers como iguais, volta a verificar-se que isso não corresponde à realidade. Recentemente descobriu-se que havia alguns developers com acesso especial a uma API que permitia fazer a gestão das subscrições na App Store - e que a Apple acabou por remover quando isso começou a circular nas redes sociais. E agora descobre-se que existem outros programas de acesso especial.

Um developer ficou surpreendido ao descobrir que o Zoom no iPad tem acesso à câmara mesmo quando está em modo multitasking split-view - algo que teoricamente não devia ser permitido, nem está acessível para as apps. Mas, mais uma vez, parece que existe um programa secreto, disponível apenas para alguns developers seleccionados, que permite que algumas apps possam ter vantagens sobre apps concorrentes.

Normalmente, o acesso à câmara é desactivado em modo multitasking, para impedir que uma app possa abusar e continuar a captar imagens quando está em segundo plano; mas havendo, obviamente, casos em que tal poderá ser vantajoso, como será o caso de ter uma app de videoconferência a funcionar enquanto se quer aceder a outras coisas, como ter um browser aberto, ou ver os slides de uma apresentação. A questão volta a ser: se assim é, porque motivo isto não está claramente descrito para todos os developers, e fica reservado apenas para alguns com tratamento preferencial, por intermédio de uma API secreta e reservada?

Pode ser que a Apple se digne a responder ao longo do processo que deverá prolongar-se até ao final do mês.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]