2021/06/11

Tesla lança novo Model S Plaid

Após meio ano de espera, a Tesla vai finalmente começar a entregar o mais poderoso Model S de sempre, cuja versão Plaid até dispensou a necessidade do anunciado Plaid+.

Com três motores e 1020 cv, este Model S está destinado a envergonhar praticamente todos os carros da actualidade em termos de desempenho, conseguindo atingir os "100 km/h" (96 km/h) em apenas 1.99 segundos, e fazer o arranque dos 400 metros em 9.23 segundos, que marcam dois recordes para carros de produção. Prestações que levaram ao cancelamento da anunciada versão Plaid+ que seria ainda mais radical, com mais de 1100 cv (mas que suspeito que poderemos vir a ver em opção "in-car-purchase" ao estilo do desbloqueio de potência nos Model 3.

Quer isto dizer que a internet se deverá preparar para nova ronda de vídeos de acelerações dos Model S Plaid, com os ocupantes a delirarem com as forças G que dificilmente sentiriam noutros carros.


Ficamos também a saber alguns pormenores, como os novos motores eléctricos com cobertura de carbono para suportar as 20.000 RPM (dispensando caixa de velocidades), novos vidros com isolamento acústico para manter o silêncio a bordo, novo sistema de som com mais de 20 colunas espalhadas pelo carro (e novo codec áudio, actualizável remotamente, para maior qualidade), novo sistema de infotainment mais poderoso, equivalente a uma consola de jogos mais moderna, etc. etc.

Por outro lado, alguns dos rumores mais radicais não se confirmaram (pelo menos de momento) como a possibilidade deste Model S estrear um sistema de volante "by-wire" sem ligação mecânica entre o guiador e as rodas. No entanto, o novo volante futurista à "Knight Rider" vai ser mesmo para manter.

Cá em Portugal, o novo Model S base surge com um preço de 90.990 euros e autonomia anunciada de 652 km; o Model S Plaid fica por 130.990 euros e autonomia de 628 km. A opção para o Plaid+ já foi removida, e com ela desaparece a prometida autonomia de 840 km.


1 comentário:

  1. Esse 1.99 tem de levar um grande *. O valor apresentado pelo marketing (mentiroso) da Tesla tem o "first foot rollout" subtraído. Nesses 0,3 metros o carro acelera até 10km/h em 0.26s.
    Esse tempo de 1.99 é na verdade 10-96km/h.
    O tempo verdadeiro de 0-100km/h será a rondar os 2.3 s.
    Além disso não é fisicamente possível acelerar qualquer carro até aos 100km/h em 2s porque os pneus não têm a aderência necessária.

    ResponderEliminar

[pub]