2021/08/18

Intel abandona câmaras 3D RealSense

Menos de uma década após ter lançado as câmaras 3D RealSense como sendo uma nova aposta, a Intel revê o seu rumo e anuncia que estas câmaras não fazem parte dos seus planos.

Ainda recentemente a Intel continuava a promover as suas câmaras RealSense para efeitos de autenticação biométrica e aplicações nas mais variadas áreas (o recém apresentado robot CyberDog da Xiaomi utiliza estas câmaras), mas perante todos os tumultos vividos nos últimos tempos, com a ameaça dos chips ARM e a perspectiva de poderem começar a intrometer-se no segmento desktop, a Intel diz que é tempo de se focar nos seus produtos essenciais.

Infelizmente as câmaras RealSense não fazem parte do lote de produtos que a Intel considera essenciais, e por isso vão desaparecer - apesar da Intel dizer que manterá os compromissos a nível do fornecimento e suporte deste produto para os clientes actuais.

Apesar de ser um segmento bastante específico, o desaparecimento da gama RealSense irá seguramente fazer com que outras empresas se apressem a ocupar a lacuna deixada pela Intel - e também poderão ter como efeito secundário o facto dos actuais clientes pensarem duas vezes quanto a optarem por produtos Intel para os seus próximos projectos; já que tudo o que não forem os seus CPUs (ou os recém anunciados GPUs ARC) pode muito bem arriscar-se a sofrer idêntico destino dos produtos "não essenciais".

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]