2021/11/08

Pixel 6 aceita impressões digitais erradas

O Pixel 6 da Google continua a estar no centro das atenções, desta vez devido ao seu sensor de impressões digitais, lento, e que desbloqueia o smartphone com dedos de outras pessoas.

O sector dos smartphones utiliza sensores de impressões digitais há anos, sendo de esperar que por esta altura isso fosse algo que já nem merecesse ser assunto. No entanto, o Pixel 6 faz com que tal volte a acontecer.

Não faltam relatos de utilizadores que se queixam de que o sensor de impressões digitais é incrivelmente lento, frequentemente necessitando de 5 ou 6 para que desbloqueie o smartphone; algo que a Google justifica como sendo devido a "medidas de segurança acrescidas".

No entanto essa explicação cai por terra quando, simultaneamente, surgem relatos de que o Pixel 6 pode ser desbloqueado com dedos de outras pessoas.

Alguns destes casos podem ser devidos à utilização de películas de protecção no ecrã (podendo tratar-se de um problema idêntico ao que a Samsung enfrentou há alguns anos com a utilização de um sensor ultrassónico), mas há quem se queixe que o mesmo acontece mesmo nos Pixel 6 sem película. Mais um caso para acompanhar nos próximos tempos, e que parece indicar que o Pixel 6 poderá ser um modelo "azarado".

Ter que regressar à introdução de um código PIN para desbloquear o smartphone, é algo que nos dias de hoje se pode considerar inadmissível.

1 comentário:

[pub]