2022/01/11

Avira Antivirus também tem cryptominer

Depois do Norton Antivirus, também o Avira Antivirus passou a incluir um cryptominer - e não é coincidência.

Recentemente o Norton Antivirus passou a incluir um cryptominer para gerar criptomoedas com uma generosa comissão de 15% a reverter para a Norton - fazendo com que, nas condições actuais, o lucro seja todo da Norton. Agora, a táctica alastra-se ao Avira Antivirus, mas não é por acaso.

O Avira surgiu em 2006 e depressa conquistou uma legião de fãs, ao disponibilizar um antivirus que era gratuito e, comparativamente com os demais antivirus, muito "leve" nos recursos. Era um dos antivirus mais recomendados, mal se fazendo sentir até mesmo em computadores mais modestos. Mas essa reputação foi-se dissipando ao longo do tempo, à medida que o Avira foi tomando opções cada vez mais intrusivas, e que terminaram por completo no início de 2021, quando o Avira foi comprado pela NortonLifeLock da Symantec, que detém o Norton 360. Daí que não seja estranho ver a política do cryptominer expandida também ao Avira.

Não deixa de dar alguma pena ver uma empresa destruir em pouco mais de um ano um produto que tinha uma boa reputação conquistada ao longo de mais de uma década. Por isso, caso tenham o Norton ou Avira, a recomendação passa pela sua desinstalação completa, e limitarem-se a usar o Windows Defender, a par de um pouco de bom senso em não clicar em tudo o que seja enviado por email, para manterem o computador livre de elementos indesejados.

2 comentários:

  1. No entanto, muitos de nós usámos produtos da Norton e Bitdefender durante anos sem nunca ter pago um euro pela sua utilização, pelo que é legítimo que estas empresas procurem modelos de negócio adaptados á data correnpelas imagens, estão a fazê-lo de modo claro e permitindo ao utilizador desligar esta função, pelo que é o utilizador que aceita ou não esta contribuição.
    Muito se poderá especular sobre o futuro deste modelo de negócio, mas o que gostaria de saber é o impacto desta funcionalidade no funcionamento do produto (ex. é seguro?), do sistema em que está a correr (ex. cpu, placa gráfica...)... será esta funcionalidade aceitável em troca do que o produto oferece?

    ResponderEliminar
  2. Vergonhoso. Isto é inaceitável.

    ResponderEliminar

[pub]