2022/09/09

O que sabe a "A.I." sobre cada um de nós?

Enquanto uns discutem se as actuais AI se estão a tornar auto-conscientes, há quem as interrogue sobre o que sabem sobre nós.

Temos visto sistemas de AI cada vez mais impressionantes, que não só são capazes de nos bater em jogos, como também criar textos, imagens, músicas, e muito mais. Mas, todos esses resultados são quase sempre obtidos através do treino destes sistemas com gigabytes ou terabytes de conteúdos já existentes, contribuindo para o seu "subconsciente", e é aí que podemos obter resultados curiosos.

Sistemas como o GPT-3 permite que esta AI responda a perguntas ou continue a escrever textos com base nalgumas palavras iniciais. E então o que obtemos se lhe perguntarmos quem é determinada pessoa?

O sistema vai responder com base nos milhões de artigos que foram usados para o treinar, o que pode ser um falhanço espectacular no caso de pessoas que não têm qualquer referência online, ou assustadoramente preciso no caso de pessoas com grande histórico online. É também uma pergunta que pode revelar informação pessoal, no caso dos dados usados conterem essa informação - e, mesmo não o contendo nestes sistemas que seguem alguma ética, nada impede que outros sistemas idênticos não se sintam tão limitados e usem colecções de dados ainda mais vastos, com informação roubada.

O que é certo é que estas ferramentas irão ficar cada vez mais poderosas e chegar a cada vez mais pessoas. O pequeno vídeo acima mostra o que uma única pessoa pode fazer, usando ferramentas já disponíveis para todos para transformar som e imagem em coisas completamente diferentes. Sendo algo que seria impensável fazer-se há uma década atrás.

Mas fica a sugestão, da próxima vez que se depararem com um assistente AI, podem fazer-lhe o teste de perguntarem o que sabe sobre vós... e depois rir (ou não) com aquilo que ele responder.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]