2017/11/17

Notícias do dia

A OnePlus já revelou o novo OnePlus 5T; a Tesla apresentou o seu camião eléctrico e um novo roadster capaz de superar os 400Km/h; em época de Black Friday temos aspiradores robot ILIFE em promoção desde €94 e também um divertido Robot BB-8 por €17; o futuro Galaxy S9 pode já ter sido apanhado no Geekbench; e a Kaspersky esclarece acusações de espionagem com um relato do que terá estado na origem do roubo de dados de um funcionário da NSA.

Antes de passarmos às notícias do dia, não deixem de participar no passatempo do gadget da semana que desta vez vos pode valer uma micro-câmara Quelima SQ12 - e também ainda vão a tempo de participar no fundo de gadgets da Xbox One X.

Carros do Apple Maps chegam ao Alentejo



Apanhar carros da Google, TomTom, e outros serviços de mapas a passear pelas nossas estradas é cada vez mais comum, e em breve também poderemos ver carros da Apple a passear pelo Alentejo a recolher dados para o Apple Maps.

Ao que parece, a Apple também estará a recolher imagens para lançar um serviço próprio equivalente ao Street View da Google, para permitir aos utilizadores verem os locais "como se estivessem lá", já que refere que irá censurar rostos e matrículas das imagens.


Mudar de um Core i7 4th gen para um Core i7 8th gen não compensa



Demonstrando a "estagnação" que tem reinado nos CPUs para desktop nos últimos anos, eis um teste que demonstra que quem tiver um velhinho Core i7 4770K não tem grandes motivos para ter pressa em pensar fazer upgrade para algo mais recente como um i7 8600K ou 8700K - isto para efeito de jogos de computador.

... E a verdade é que, se não for para jogos, então qualquer CPU dos últimos 5 ou 6 anos é mais que suficiente para lidar com as tarefas do dia a dia; embora existam sempre


Teletype for Atom deixa programar de forma colaborativa



Depois do Visual Studio Live Share é a vez de também o GitHub lançar uma ferramenta de programação colaborativa para o seu editor open-source Atom. O Teletype for Atom cumpre com a mesma função de permitir que múltiplos developers possam trabalhar simultaneamente num mesmo documento, assim evitando o tradicional processo de trabalhar em separado e depois lidar com a junção das alterações feitas.

Não sei até que ponto será prático para grandes equipas... mas seguramente que haverá casos em que algo assim será bastante vantajoso. Nada como experimentar (nem que seja para darem aulas de programação remotamente :).


Google proíbe utilização de páginas AMP como "introdução"



A Google continua a apostar nas AMP (Accelerated Mobile Pages) como forma de acelerar a apresentação de conteúdos na web, mas agora vai proibir a utilização das mesmas apenas como "chamariz".

Aparentemente há sites que estão a usar as páginas AMP para ficarem bem cotados no ranking da Google, mas que apenas apresentam os parágrafos iniciais dos artigos, terminando com um link que diz que, se quiserem ler o resto, terão que visitar a página normal (onde os sites têm maior liberdade para colocar publicidade, scripts e tudo o mais).

... Para mim a solução é simples... quem não quer usar as regras da Google que simplesmente nem dê uso ao AMP... (O Facebook também tentou impingir os seus Instant Articles como formato acelerado... e o resultado tem sido um desastre.)


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]