2015/10/27

Notícias do Dia

Europa aprova lei da neutralidade polémica e fim das taxas de roaming; a nossa aguardada análise ao OnePlus 2; chega ao Kickstarter um adaptador microSD para USB Type-C ou micro USB reversível; e investigadores descobrem botnet de câmaras CCTV infectadas com malware.

E antes de passarmos às notícias do dia, dose relembrada de lembretes: temos o fundo de aquisição para uma Apple TV; não deixes de participar no passatempo para ganhar um Oukitel U8 com o Apps do Android; estamos a oferecer um fantástico Huawei Mate S topo de gama, cujo vencedor será conhecido no nosso meeting mensal que acontecerá já no próximo sábado.


Motorola Droid Turbo 2 tem ecrã "anti-quebra"




Penso que, conhecendo-se os abusos a que se sujeitam os smartphones, dizer que um smartphone tem um ecrã que "não parte" é um pouco arriscado. No entanto, é isso que está a ser usado para promover o novo Motorola Droid Turbo 2, um smartphone com ecrã quad HD de 5.4", câmara de 21MP e 5MP, bateria de 3760mAh, e tecnologia "Turbo Shatter Shield".

Ao que parece, esta tecnologia consiste em usar múltiplas camadas para absorver impactos e evitar que o vidro do ecrã se estilhace - mas... depressa veremos que tal é que isso resiste em vídeo do YouTube que irão colocar este sistema à prova.


Siri não responde a algumas perguntas sobre música se não se subscrever o Apple Music



Pensar-se-ia que a função dos assistentes virtuais seria responderem aos nossos pedidos, mas no caso da Siri parece que a Apple a quer transformar numa comercial capaz de vender serviços. Algumas perguntas sobre música estão a ter respostas negativas da Siri, que se lamenta dizendo que não pode responder por o utilizador não subscrever o serviço Apple Music.

No mínimo, o que deveria fazer, em vez (ou em complemento) do seu queixume, seria direccionar o utilizador para uma pesquisa na internet que desse a resposta ao que se procura. Se vamos ter que começar a gramar com respostas deste tipo... prevejo um futuro muito curto para estes "assistentes".


Quem decide que emojis existem?



São cada vez mais populares e numerosos. Os emoji podem ter tido origem no oriente, mas há muito que contagiaram o ocidente, tanto como forma de ornamentar mensagens, como de servirem eles próprios como mensagens que transcendem fronteiras. E daí a curiosidade sobre saber quem é que decide porque motivo se dever ter um boneco que representa um hamburger, mas não outro sobre outra coisa que gostaríamos de ver.

Se querem pedir satisfações, terão que levar as vossas questões até ao Unicode Consortium, que é a entidade que decide que emojis eventualmente chegarão aos nossos computadores e smartphones.


MasterCard quer que qualquer coisa sirva para fazer pagamentos


Hoje em dia, estamos numa fase em que nos tentam convencer que usar um smartphone em substituição de um cartão bancário é mais prático para fazer pagamentos - mas a MasterCard já olha ainda mais para a frente e coloca-nos a questão: porquê limitar isto aos smartphones; porque não poder usar-se qualquer outro dispositivo ou gadget para fazer pagamentos?

E parece-me que sim, é uma proposta bastante mais prática do que a aposta nos smartphones, deixando-nos usar algo como um fitness tracker, ou até as chaves do carro, para fazer os pagamentos.




Curtas do Dia


Resumo da Madrugada




Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]