2018/07/20

Notícias do dia

Documentos internos da Apple revelam a verdade sobre o teclado dos MacBooks; Data Transfer Project quer facilitar transferência de dados entre plataformas; nas promoções temos o Xiaomi Mi Pad 4 a €223 e um repetidor WiFi Xiaomi a €10; o Xiaomi Mi Max 3 chega com ecrã de 6.9"; e as vendas do Galaxy S9 estão muito abaixo das expectativas e vão obrigar a Samsung a repensar a estratégia para o Galaxy S10.

Antes de passarmos às notícias de hoje, relembro que já está escolhido o livro FCA que iremos oferecer ao longo desta semana: "Windows Server 2016 - Curso Completo".

Project Loon vai entrar em acção no Quénia



O projecto "lunático" dos balões da Google está prestes a demonstrar a sua validade comercial, tendo conseguido um contrato com a Telkom Kenya para melhorar a cobertura do serviço de internet no território a partir do ar já no próximo ano.

O facto do Project Loon ter recentemente sido promovido a empresa independente já era indicador de que o projecto estava a progredir a bom ritmo e já não se limitava a ser uma experiência "maluca"; e se este primeiro contrato no Quénia correr como previsto, é de imaginar que não faltam muitos outros operadores interessados neste sistema económico de ampliar a cobertura da sua rede de comunicações.


Huawei foi a marca de smartphones mais vendida em Portugal em Maio



A estratégia da Huawei para o nosso país está a resultar, e a demonstrá-lo está o facto da marca ter ascendido à primeira posição no ranking das marcas com mais smartphones vendidos em Portugal, no passado mês de Maio.

Foi a primeira vez que a Huawei ficou na primeira posição desta tabela, sendo que no primeiro semestre deste ano as vendas também aumentaram 32% face ao mesmo período do ano anterior (e 52% em valor, o que demonstra que o público português se tem deixado conquistar por modelos como o P20 Pro).


YouTube cancela conta de vídeos abusivos contra crianças



Depois de inúmeras queixas, o YouTube decidiu finalmente cancelar a conta de YouTube da FamilyOFive, uma conta onde uma família partilhava partidas violentas feitas aos seus cinco filhos. Essas queixas já tinham feito com que dois dos seus filhos lhes tivessem sido retirados pelos serviços sociais, fazendo que se mudassem para outro estado, onde continuaram com a actividade do costume.

Agora com o encerramento da sua fonte de rendimento, fica a dúvida sobre se realmente se irá por um fim ao abuso destas crianças, ou se simplesmente isso deixará de ser partilhado no YouTube.
(E já agora... quando é que o YouTube começa também a encerrar as contas daquelas criaturas que tentam convencer o resto do mundo que a Terra é plana?)


British Airways pede dados privados a clientes no Twitter



A British Airways está no centro de nova polémica, ao recorrer ao RGPD/GDPR como justificação para exigir dados privados dos clientes no Twitter - sendo que alguns dos clientes até publicaram a informação que era pedida publicamente, acessível a todo o mundo.

Como se não bastasse isto, o seu próprio site oficial impede o login a clientes que usem ad-blockers, sendo que se não for usado um ad-blocker a sua informação irá ser partilhada com serviços de terceiros sem que seja dada qualquer opção quanto a isso, precisamente o tipo de coisa que o RGPD/GDPR deveria evitar. Uma completa subversão da nova regulamentação de protecção de dados, que poderá vir a dar lugar a queixa formal contra a companhia aérea britânica.


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]