2019/05/17

Notícias do dia

A Asus já apresentou o ZenFone 6 com câmara flip-up motorizada; Live Transcribe da Google vai reconhecer ruídos e permitir selecção de texto; OnePlus prefere pagar a Robert Downey Jr. do que a certificação IP; ZombieLoad pode abrandar Macs até 40% segundo a Apple; Netflix poupa 400 horas de publicidade aos mais novos; e ainda o caso das empresas de recuperação de dados de ransomware que se limitam a pagar o resgate e a cobrar extra às vítimas.

Antes de passarmos às notícias de hoje, já temos novo gadget da semana para oferecer: um carregador wireless motorizado da Xioami.

Facebook volta a mudar algoritmo do seu News Feed



É incrível a quantidade de sarilhos em que o Facebook se meteu desde que optou por interferir naquilo que os utilizadores podem ver no seu News Feed (em vez de se limitar a apresentar tudo de todas as pessoas que seguissem). Algo que tenta agora resolver parcialmente, com uma nova alteração que pretende focar-se nos conteúdos mais relevantes, usando novas regras para identificação de conteúdos "click bait" e também na identificação dos amigos mais próximos.

... Continuo a achar que seria mais simples limitarem-se a mostrar tudo, sem interferências, e que ficasse ao critério do utilizador fazer a gestão do que querem continuar a ver ou não. :P


Chrome para Android ganha páginas agrupadas



Se costumam manter dezenas de páginas abertas no Chrome no vosso smartphone ou tablet, vão apreciar a chegada dos há muito aguardados "grupos". O Chrome para Android já está a receber a actualização com os Tab Groups, que basicamente replica a experiência de ter múltiplas janelas nos desktops. Em vez de se ter uma lista interminável de tabs, podemos ter grupos com múltiplas tabs organizadas, facilitando a gestão das mesmas. Por exemplo, podem ter um grupo criado com sites de notícias, outro grupo dedicado a lojas online, etc.

Como é habitual, o processo de actualização está a ser feito de forma faseada, pelo que poderá demorar ainda algum tempo até que este Chrome chegue ao vosso Android - e não havendo, por agora, indicação de quando é que poderá chegar à versão para iOS.


DHL inicia serviço de entrega com drones na China



A DHL fez um parceria com a EHang chinesa para dar início à entrega de encomendas via drones na China. A nova rota, criada exclusivamente para um cliente da DHL, cobre uma distância de aproximadamente oito quilómetros entre as instalações do cliente e o centro de serviços da DHL em Liaobu. O trajecto, que por via rodoviária demora cerca de 40 minutos, ficou assim reduzido a 8 minutos.

No futuro, a DHL espera expandir o sistema de modo a agilizar as entregas de produtos de volume e peso reduzido. Sendo que a longo prazo se poderá imaginar postos de recolha DHL automatizados, espalhados pelas cidades, onde os clientes finais possam levantar os seus produtos com maior conveniência (quando não estão em casa para os receber).


Testes em 5G mostram velocidades de 1.3Gbps no terreno



Ainda estamos longe do 5G chegar a todos, mas para quem viver numa zona com 5G já se começam a fazer sentir os benefícios. Nos EUA, testes de velocidades feitos com um Galaxy S10 5G mostram velocidades que oscilam entre os 600 os 1300Mbps - em zonas que, em 4G, si ficam pelos 300Mbps.

É uma evolução de 2x a 4x que será certamente apreciada pelos clientes; mas isto apenas se os operadores não começarem a colocar os entraves do costume. Alguns já começaram a fazer referência a que as velocidades 5G irão ser limitadas em função do tarifário - e já nem vamos falar da questão do acesso ilimitado que tornasse o 5G numa alternativa viável às ligações fixas por fibra ou cabo.

E falando de 5G...


Europa reserva os 26GHz para o 5G



A Comissão Europeia já definiu a banda que será reservada para o serviço 5G, e que será a dos 26GHz (indo dos 24.25GHz aos 27.5GHz) e que é suficientemente próxima dos 24-28GHz utilizados nos EUA, facilitando a criação de smartphones 5G globais, capazes de funcionar tanto na Europa como nos EUA.

Esta será a banda que permitirá as maiores velocidades em 5G, mas que tem como grande inconveniente funcionar apenas numa curta distância e sem que se tenha obstáculos. Virá complementar as restantes frequências atribuídas ao 5G, como os 3.6GHz e 700MHz, que têm velocidades progressivamente inferiores mas alcance muito superior.


Curtas do dia


Resumo da madrugada

1 comentário:

  1. https://www.forbes.com/sites/marshallshepherd/2019/05/15/why-meteorologists-worry-5g-networks-could-degrade-weather-forecasts/

    ResponderEliminar

[pub]