2019/06/25

Apple defende-se do Spotify dizendo que apenas cobra comissão sobre 0.5% dos subscritores


O "reality distortion field" da Apple parece continuar a funcionar em pleno, a averiguar pela sua resposta à Spotify no caso em que é acusada de abuso de posição dominante na App Store, e onde refere que o Spotify está a exagerar o caso, uma vez que até só cobra a sua comissão sobre uns reduzidos 0.5% dos subscritores.

O Spotify processou a Apple por impor todo o tipo de regras na sua App Store; regras que normalmente não são aplicadas quando se tratam de apps ou serviços da própria Apple. Em vez de responder às questões levantadas, a Apple opta por tentar desviar o assunto, dizendo que o Spotify está fazer uma tempestade num copo de água, uma vez que até só tem 680 mil utilizadores a pagar através da App Store - representando apenas 0.5% dos seus subscritores totais.

O que a Apple se esquece convenientemente de referir é que este número reduzido só é reduzido porque o Spotify deixou de oferecer subscrições via App Store em 2016(!) precisamente como forma de escapar à comissão de 30% que a Apple cobra. Mesmo tendo em conta as alterações posteriores, em que a Apple reduz a comissão para subscrições com mais de um ano, continua a representar uma cobrança de 15%. E, para o caso em questão, o que está em causa nem sequer é o valor da comissão (a Apple está no seu direito de cobrar o que bem entender) mas sim o facto de impedir que as apps sequer disponibilizem uma forma de subscrição alternativa. As apps não podem sequer ter um link para um site externo que diga "podem subscrever o serviço aqui, sem comissões".

Bem sabemos que nestes casos nunca se pode prever a decisão final, e que seria um enorme erro subestimar a Apple. No entanto, parece-me que a táctica de dizer que o Spotify está a exagerar por ter poucos clientes a pagar via App Store, quando isso é resultado das políticas da Apple e das formas que os serviços têm que usar para escapar, não será a melhor para enfrentar este caso na Europa (não que a anterior "resposta" fosse melhor). Vamos ver no que dá.

2 comentários:

  1. Há tempos, cheguei a considerar que as novelas mexicanas seriam as mais bizarras de todas...

    Não poderia estar mais enganado.

    ResponderEliminar

[pub]