2020/02/27

Notícias do dia

Google tenta manter relação com Huawei com pedido de isenção; Firefox começa a usar DNS encriptado para maior privacidade e segurança; Etsy impõe novas comissões aos vendedores; Macs com CPUs ARM da Apple podem chegar já no próximo ano; falha em chips WiFi deixa milhões de equipamentos vulneráveis; e a descoberta de que o Facebook não revela tudo o que sabe sobre utilizadores.

Antes de passarmos às notícias do dia, temos para oferecer novo gadget da semana: um carregador wireless com relógio. Relembro também que o nosso habitual almoço mensal é já este sábado.

Tribunais dão razão ao YouTube na "censura" de vídeos



Os tribunais dos EUA deram razão ao YouTube num caso em que era acusado de censura e de violar a "1ª Emenda" que garante a liberdade de expressão. Embora tenha um alcance global, o YouTube continua a ser uma plataforma pertencente a uma empresa privada e,como tal, mantém o direito de definir aquilo que acha aceitável ou adequado - sem qualquer obrigatoriedade de dar visibilidade a determinados conteúdos.

Embora neste caso se possa dizer que a decisão foi positiva, não há como ignorar o facto de que as coisas facilmente poderiam ser diferentes, se se estivesse do outro lado da questão, e de ter uma plataforma que recusava os conteúdos com os quais concordássemos.


Google Earth chega ao Firefox, Edge e Opera



Numa medida inesperada - mas bem vinda - a Google anunciou que o seu Google Earth fica finalmente disponível noutros browsers, graças ao Web Assembly, e desde já acessível no Firefox, Edge e Opera. Quando foi lançada a mais recente versão do Google Earth na web, a Google foi duramente criticada por fazer um serviço que apenas funcionava no Chrome, contrariando a ideia de uma web universal e transversal a todos os browsers.

Mesmo com três anos de atraso, é bom ver a Google a tentar rectificar a situação, nem sequer ficando esquecido o suporte para o Safari, que fica prometido para breve.


Apple Watch não detecta AFib acima dos 120 bpm



Um estudo vem alertar para os riscos de confiar demasiado nas capacidades do Apple Watch. O smartwatch da Apple tem sido útil a detectar casos de problemas cardíacos, mas será conveniente os utilizadores estarem conscientes das suas limitações, como o facto de não detectar as potenciais irregularidades cardíacas quando se está acima dos 120 bpm - sendo que parte significativa das pessoas com este problema fica acima desse limite.

Na minha perspectiva, será mais positivo encarar estes dispositivos pela parte dos problemas que detectam e que poderiam passar despercebidos, mesmo que não seja garantido que apanhem 100% dos casos. Ainda assim, é válido que os utilizadores estejam informados para que não pensem que estão livres de todos os problema só porque o seu smartwatch não dá nenhum alerta.


Morreu o criador do Konami Code



A maioria das pessoas poderiam não conhecer Kazuhisa Hashimoto por nome, mas muitas delas certamente conheceriam de cor uma das suas criações. A popular sequência Konami (cima cima baixo baixo esquerda direita esquerda direita B A Start) permitia o acesso a modos especiais em diversos jogos, e a sua origem remonta ao jogo Gradius, que Kazuhisa Hashimoto considerava demasiado difícil, tendo criado o código como forma de obter todos os power-ups e assim facilitar o jogo.

Kazuhisa Hashimoto pode ter morrido, mas a sua memória permanecerá enquanto houver alguém que se recorde com um sorriso desta mítica sequência de botões (ou das suas variantes).


Curtas do dia


Resumo da madrugada

1 comentário:

[pub]