2020/12/23

Funcionários do Facebook acusam empresa de hipocrisia na campanha contra a Apple

Depois da EFF ter chamado a campanha ridícula, são os próprios funcionários do Facebook que acusam a empresa de ser hipócrita na sua campanha contra as novas medidas de privacidade da Apple.

A campanha que o Facebook tem feito contra a Apple por causa da chegada iminente de uma alteração no iOS 14 que irá perguntar aos utilizadores se desejam ser seguidos pelas apps e serviços, e em que o FB se tenta posicionar como "defensor dos pequenas negócios", não tem convencido ninguém. Aliás, ainda recentemente tivemos esses pequenos negócios que o FB diz querer proteger, a queixarem-se de serem completamente ignorados pelo Facebook, e muitas vezes a sentirem-se abusados por ficarem impedidos de suspenderem campanhas publicitárias.

Mas, no caso de ainda haver dúvidas, desta vez temos os próprios funcionários do Facebook a considerar que esta campanha anti-Apple é completamente hipócrita.

O sentimento, até dentro do Facebook, é o de que a empresa está a fazer aquilo que também cá fora se torna evidente: estar a usar todo o tipo de desculpas, como a defesa dos pequenos anunciantes, ou a manutenção dos serviços gratuitos na internet, quando na realidade a única coisa que interessa ao Facebook é continuar a ter o acesso ao tracking dos utilizadores para poder manter o seu próprio negócio.

Ter em conta que defender o seu negócio é algo que o FB tem todo o direito de fazer; só escusava era de tentar disfarçar isso com as pseudo-desculpas de que está a defender "os pequenos". Que admita desde logo aquilo que realmente o preocupa, e quem sabe, até talvez pudesse ter maior solidariedade por parte dos utilizadores, para que aceitassem o tracking continuado (que a maioria dos utilizadores do Facebook até poderá considerar aceitável, fazendo com que tudo permaneça como até ao momento).

1 comentário:

  1. Eu tenho uma conta do Facebook porque por vezes é preciso de aceder aos mini sites/blogues do Facebook. O nome que usei é do tipo Burro de Apolónio, com uns interesses disparatados, mas o Facebook continua a mandar-me montes de mensagens de não sei quem (com nome e apelido) de pessoas a quer ser minhas amigas!!)
    Mas sou "doutorado em Facebook" (basta ter ouvido uma vez três adolescentes a falar do Facebook ou estar a falar com adultos e um deles dizer: "Vou já por no meu Face", o que me deixa arrepiado).
    Agora, o "Face" tem por detrás um negócio. Há sempre notícias sobre empregados que não gostam das políticas da empresa e usa-se isso para as criticar: "Até os empregados ...". No caso, lendo o que diz o 9To5Mac, devem ser para aí uns 5.

    ResponderEliminar

[pub]