2021/02/10

Notícias do dia

Salesforce declara o fim do horário de trabalho convencional; Apple Maps com relato de acidentes e radares no iOS 14.5; Facebook e Instagram sem link previews na Europa; Amazon prepara Echo de parede para controlar a casa; e Apple aceita logo de pera da Prepear após alterações.

Antes de passarmos às notícias, já temos livro FCA escolhido: participa para ganhares livros "Fotografia com Câmara Digital e Smartphone".

YouTube reforça verificação de idade

Vários dos nossos leitores têm reportado que o YouTube lhes começou a apresentar um popup para verificação de idade em vídeos que, até há poucos dias atrás, conseguiam ver sem qualquer problema. A quem desejar verificar a idade para ter acesso ao vídeo são dadas duas opções: associar um cartão de crédito à sua conta Google, ou enviar uma foto de um documento de identificação.

São duas opções que não agradarão minimamente a quem não quiser ceder dados à Google (ou qualquer outra empresa), mas que de outra forma ficarão impedidos de ver vídeos do YouTube marcados com limite mínimo de idade.


Operadores de internet queixam-se da Starlink

A Starlink ainda vai em "apenas" mil satélites lançados, mas os operadores de internet já se sentem ameaçados. Apesar de só agora a SpaceX estar a abrir as portas a novos clientes em regime de "encomenda" (podendo demorar muitos meses a disponibilizarem o serviço, com mensalidade de $99 e kit receptor de $499) já enfrenta queixas dos operadores tradicionais, que dizem que o serviço não terá capacidade para manter as velocidades prometidas lá para 2028 e que, como tal, não deveria ter direito a cerca de $900 milhões a que se está a candidatar, enquanto serviço que irá levar internet de alta-velocidade a zonas rurais mal-servidas pelos operadores actuais.

Sem dúvida que a capacidade para aguentar com centenas de milhares de clientes, ou milhões de clientes, é um dos pontos críticos para a rede Starlink. Mesmo com 10 ou 20 mil satélites em órbita, a quantidade de satélites a cobrir uma determinada área geográfica, por exemplo, numa zona densamente povoada, será sempre reduzida e dificilmente permitirá um serviço rápido a um milhão de clientes simultâneos. Por outro lado, num cidade não faltam serviços de fibra e cabo a preços mais atractivos, pelo que talvez a ideia seja - pelo menos nos primeiros anos - focarem-se nos clientes que não tenham outra alternativa viável, e que serão em número mais reduzido.


Slack pede reset da password a utilizadores Android

O Slack está a enviar pedidos de reset da password a alguns utilizadores da app Android, devido a um bug que afectava algumas versões e que podia fazer com que a password fosse guardada em "plain text".

A versão com bug já foi removida, pelo que os utilizadores deverão garantir que estão a usar a última versão na Play Store mas, além disso, terão ainda que ir às definições do sistema, e na secção da app Slack efectuar a limpeza da cache, para garantir que não restam vestígios da sua password que, de alguma forma, pudessem ser capturados por outras apps.


Xiaomi Mi 11 resiste à dobragem


O mais recente Mi 11 da Xiaomi que já teve direito a versão global que chegará à Europa com preços a começar nos 749 euros, foi submetido à habitual ronda de testes abusivos do Jerryrigeverything. Embora o mais recente vidro Victus da Corning continue a riscar como as gerações anteriores (parece que não há forma de melhorar isso sem se dar o salto para o vidro safira) pelo menos temos a confirmação de que este não é um smartphone dobrável no mau sentido.



Curtas do dia


Resumo da madrugada


4 comentários:

  1. Off topic:
    Carlos, na app AAdM, aquela cor laranja dos títulos, com pouco contraste, em fundo branco torna difícil a sua leitura ( pelo menos para os meus óculos).
    E aquele “risco” vertical, aquando de um scroll, que tanto aparece à esq, drt ou no meio do ecrã, ora curto ora a 2/3 do dito.
    Tens que pedir ao madrugador que use a madrugada para um update... ;)
    Cumps.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O risco parece ser bug do Flutter (a linguagem em que foi feita a app). Quanto às cores, experimenta o dark mode da app a ver se ajuda.

      Eliminar
  2. Engraçado os operadores de internet fazerem isso quando começam a surgir reviews no youtube do sistema Starlink...

    ResponderEliminar
  3. Lol, nem tinha visto a hipótese do dark mode.
    Muito melhor, obrigado Carlos.

    ResponderEliminar

[pub]