2021/03/30

Xiaomi Mi Mix Fold estreia lente líquida

Depois do Mi 11 Ultra e Mi Band 6, a Xiaomi revelou o seu primeiro modelo dobrável: o Mi Mix Fold, que estreia uma lente líquida.

Em vez de apostar em modelos hiper-futuristas que nunca chegam ao mercado, desta vez a Xiaomi recuperou a gama Mi Mix para um modelo bastante mais comum, com um modelo bastante idêntico aos modelos dobráveis de referência no mercado. O Mi Mix Fold é a versão Xiaomi do Galaxy Z Fold da Samsung e Mate X2 da Huawei. No exterior temos um ecrã full-screen de 6.52" a 90Hz em formato mais esticado que o habitual (27:9), no interior temos um ecrã que se expande para as 8.01" quando aberto, em formato 4:3 e 2480x1860 pixels, também a 90Hz com suporte para Dolby Vision e com garantia para suportar 200 mil dobragens (a 50 vezes por dia, dá algo como 11 anos de utilização).

Como seria de esperar, no interior encontramos um Qualcomm Snapdragon 888, 12GB /16GB de RAM, 256GB / 512GB UFS 3.1, e bateria de 5020mAh com carregamento rápido de 67W. Temos também quatro alto-falantes Harman Kardon, para o que a Xiaomi descreve como sendo um som imersivo.


Nas câmaras, a Xiaomi aposta numa principal de 108MP, ultrawide de 13MP, e uma telefoto / macro de 8MP. É esta última que estreia uma objectiva com lente líquida, e que lhe dá essa capacidade de focagem de grande amplitude que permite que funcione como tele capaz de tirar fotos com zoom 3X óptico ou 30X híbrido, e como macro tirar fotos a objectos a 3 cm de distância. E não se preocupem que o "líquido" não congela, podendo funcionar a temperaturas de até -40ºC.
Na China, o Mi Mix Fold tem um preço a começar nos 1297 euros para o modelo com 12GB+256GB e 1686 euros para o de 16GB+512GB cerâmico. Preços que seguramente irão sofrer forte agravamento se / quando a Xiaomi decidir lançá-los no ocidente.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]