2021/04/27

Apple lança iOS 14.5 com maior privacidade e comodidade para quem usa máscara

Já está disponível o iOS 14.5, que tem gerado polémica devido à opção de reduzir o tracking feito pelas apps - entre outras novidades, como o desbloqueio facial com máscara.

O iOS 14.5 já está disponível, assim como as respectivas variantes iPadOS 14.5, tvOS 14.5, e watchOS 7.4; assim como o macOS Big Sur 11.3. A novidade que mais tem dado que falar é a nova opção de privacidade no iOS, que perguntará aos utilizadores se permitem que as apps façam o tracking da utilização noutras apps.

Redução do tracking

Esta opção tem sido fortemente criticada pelo Facebook e outros grupos (como grupos editoriais), mas que na realidade apenas vem expandir e tornar mais visível uma opção que já existia. A diferença é que anteriormente o iOS só disponibilizava uma opção global, nos settings, para restringir este tracking para todas as apps de uma vez; com esta actualização, isso passa a poder ser feito app por app, e com um popup a perguntar comoe cada utilizador deseja prosseguir.

De notar que esta opção não impede que uma app continue a fazer o tracking do que faz o utilizador na própria app - os developers da app continuarão a poder saber tudo o que cada utilizador faz - o que passa a ser restringido é o tracking que podiam fazer a nível da utilização de outras apps, ao estilo do que os cookies 3rd party permitem fazer na web (e que também têm sido bloqueados); e que dificulta que uma app como o Facebook, ou Google, ou Amazon, possa saber que jogos estão a jogar, ou que outras apps utilizam com maior ou menor frequência, etc.

Desbloqueio facial com máscara via Apple Watch

Falando de opções com efeitos práticos mais imediatos, com o iOS 14.5 a Apple reduz a inconveniência de utilizar o Face ID com máscara. Quem tiver um Apple Watch poderá utilizá-lo como elemento autenticador (estando desbloqueado e no pulso), permitindo que o Face ID utilize apenas o reconhecimento parcial de um rosto tapado por uma máscara para desbloquear o iPhone. O inconveniente: será preciso ter um Apple Watch.

Esta opção pode ser activada em Settings > Face ID & Passcode > Unlock with Apple Watch

Outras novidades do iOS 14.5

  • Suporte para 5G em modo dual-SIM no iPhone 12 (eSIM + SIM)
  • Suporte para mais gamepads, como o DualSense da Sony PS5 e os controladores da Xbox Series X
  • Ferramenta de recalibração de baterias nalguns iPhones 11
  • Suporte para AirTag e de alguns headphones Beats no Find My
  • Possibilidade de escolher serviço de streaming default para a Siri (pedir para tocar uma música, perguntará que app de música instalada se quer utilizar)
  • Siri com mais vozes disponíveis e deixa de pré-seleccionar voz feminina durante a configuração inicial

Algumas destas coisas também se aplicam ao macOS 11.3, cujo Safari também passa a suportar WebM e Vorbis; e corrige uma falha de segurança que permitia enganar um Mac para correr uma app maliciosa.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]