2021/08/20

OnlyFans proíbe conteúdos pornográficos a partir de Outubro

Depois da promoção de uma app só com conteúdos "adequados" a plataforma OnlyFans surpreende o mundo com o anúncio de que vai proibir conteúdos sexualmente explícitos a partir de Outubro.

O anúncio apanha utilizadores e criadores de surpresa, já que esta plataforma se tinha tornado no porto de abrigo de milhares de pessoas da indústria do entretenimento para adultos (pornografia) que, com a pandemia Covid-19, tiveram que se dedicar mais a relações directas com os seus fãs. O OnlyFans é uma plataforma estilo Patreon, onde os fãs podem pagar uma mensalidade para terem acesso a conteúdos exclusivos dos seus criadores favoritos - e embora a plataforma seja generalista e por lá se possam encontrar muitos outros conteúdos, não adianta negar a sua associação aos conteúdos pornográficos - pelo menos, até Outubro.

A partir de Outubro o OnlyFans proíbe conteúdos sexualmente explícitos, numa medida que oficialmente está a ser justificada com a dificuldade que tem tido em encontrar investidores, devido a esses conteúdos; mas que não oficialmente pode estar relacionada com uma investigação da BBC que revelou que o sistema de moderação que o OnlyFans diz ter não funciona como seria suposto.

O sistema aplica regras diferentes dependendo da popularidade dos criadores, com os canais mais populares a terem direito a maior liberdade na violação das regras. A investigação acusa também a plataforma de não detectar e bloquear conteúdos ilegais, como contas de jovens a vender imagens sexualmente sugestivas. E poderá ter sido isso a levar a esta opção, mais radical do que a que o PornHub foi forçado a fazer, quando teve limpar milhares de contas e remover dezenas de milhares de vídeos que por lá permaneceram durante anos apesar de pedidos de pessoas envolvidas a dizerem que tinham sido enganadas e que não era suposto terem vídeos com a sua participação lá.

O que é certo é que desta forma, muitos criadores que se dedicam a esta área de forma legítima irão ser penalizados, ao verem desaparecer uma das poucas plataformas que permitia rentabilizar directamente este tipo de conteúdos. Mas, como é habitual nestes casos, o desaparecimento de um serviço será oportunidade perfeita para que outros surjam para ocupar o seu lugar - e não deixaria de ser caricato que esta decisão acabasse por levar ao fim do OnlyFans daqui por um par de anos, e à ascensão de outro que surja em seu lugar mas que continue a aceitar estes conteúdos.


Actualização: o OnlyFans diz que vai suspender a proibição.

3 comentários:

  1. Ou seja, basicamente estão a anunciar que vão fechar as portas visto que as pessoas só usavam a plataforma mesmo para isso.

    ResponderEliminar
  2. So tenho pena de não ter estrutura para criar uma alternativa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. podes sempre criar, existem varios scripts para fazer um clone de onlyfans e servidores com bons preços estão a preços de chuva.

      Eliminar

[pub]