2022/02/11

Apple ajusta AirTags para tentar evitar tracking indesejado

A Apple diz que vai fazer alterações para tentar evitar que os seus AirTags sejam utilizados para seguirem pessoas sem o seu consentimento.

Os AirTags da Apple têm sido um sucesso, mas infelizmente também os tornaram num dos dispositivos preferidos para seguir secretamente pessoas (e até automóveis). Isto tem obrigado a Apple a fazer vários ajustes para tentar evitar este tipo de utilização abusiva, e em breve chegarão mais alterações.

Algumas das alterações são a nível de deixar mais explícito nas informações que os AirTags se destinam a seguir apenas objectos pertencentes ao utilizador, e que seguir pessoas sem o seu consentimento poderá constituir crime em muitos países do mundo - alertando também que o sistema irá notificar a pessoa a ser seguida, e que também o próprio AirTag poderá ser identificado pelas autoridades para revelar quem o fez.

Outras são de ordem prática, dizendo que os AirTags irão começar a notificar mais cedo as pessoas que possam estar a ser seguidas, com sons mais audíveis (não que isso vá importar para quem usa AirTags silenciados), apresentando também mensagens mais informativas (nos iPhones), e possibilitando a sua localização mais rápida com o modo de localização de precisão (nos iPhones 11 e mais recentes) - algo que anteriormente apenas estava disponível para o dono do AirTag.
O grande problema, tal como outras alterações já feitas no passado, é que estas medidas para dificultar o uso abusivo dos AirTags na espionagem de pessoas ou objectos também acabam por facilitar a vida aos ladrões. É que tal como uma pessoa que esteja a ser espiada sem consentimento irá descobrir mais depressa que tem um AirTag próximo, também um ladrão irá ser notificado que está um por perto escondido num objecto que esteja a roubar.

Não será nada fácil manter um equilíbrio entre o uso esperado e o uso abusivo; mas cada alteração feita para dar prioridade a um dos lados, irá inevitavelmente prejudicar o o outro.

Por agora, já não seria nada mau se a Apple e Google chegassem a acordo para um standard aberto de notificação de objectos próximos - tal como fizeram para o tracking Covid - pois dessa forma já permitiriam que utilizadores Android fossem notificados dos AirTags nas imediações; já que por agora, continuarão a poder ser seguidos sem terem qualquer alerta.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]