2022/03/31

Apple apresenta nova proposta para escapar a multas da App Store na Holanda

Com as multas semanais a já ascenderem a 50 milhões de euros, a Apple apresenta nova proposta para ver se satisfaz as exigências holandesas quanto aos pagamentos na App Store.

A Apple tem estado a sofrer multas semanais de 5 milhões de euros por não cumprir com as exigências que foram feitas a nível de permitir que as apps de encontros utilizassem métodos de pagamento alternativos. Inicialmente a Apple começou por exigir que os developers tivessem que submeter apps separadas e muitas outras coisas (e continuar a cobrar uma comissão de 27% mesmo nos pagamentos externos) que não foram consideradas suficientes, e agora apresenta nova proposta.

Desta vez a Apple já permite que os developers continuem a ter tudo numa única app, mas que exiba claramente que o método de pagamento é externo à Apple e não oferece as seguranças dadas pela Apple (como devolução do dinheiro, etc.) Sendo que a pretensão de continuar a cobrar a comissão de 27% se mantém (algo sobre o qual a entidade reguladora Holandesa ainda não se pronunciou).

Seja qual for a decisão, arrisca-se a tornar-se inconsequente a curto prazo, face às exigências mais vastas do Digital Markets Act, que podem fazer com que a Apple seja obrigada a permitir a instalação de apps directas sem passar pela App Store, assim como permitir app stores alternativas e métodos de pagamento alternativos, de forma global (o caso holandês aplica-se apenas às apps de dating).

4 comentários:

  1. 27% de comissão por não fazer rigorosamente nada!

    Malandros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como assim de não fazer nada? A infraestrutura à volta foste tu que a fizeste ou manténs? Se eles não fizeram nada então porque é que querem usar os produtos deles, façam só app para android.

      Digo-te, até me custa estar a dizer isto porque pessoa mais anti Apple não existe, mas se há coisa que me enerva é pessoal que inventa coisas para usar como argumentos, principalmente quando há tanto por onde pegar da Apple para falar mal.

      27% é muito, é sim senhor, mas infelizmente o market é deles, eles pedem o que quiserem, quem não quiser usar não usa, vá usar os outros. Agora dizer que não fizeram nada, é no mínimo mostra de estupidez extrema. Se não tivessem feito nada, não havia interesse nenhum em lá meterem a vender o produto. O interesse está exatamente no facto de que muito foi feito para criarem o mercado que têm, e os maiores lucros de apps de telemóvel vêm da AppStore da Apple.

      Eliminar
    2. Mas eles tb não cobram uma parte das subscrições de serviços como spotify, etc? a infraestrutura que eles investiram é para distribuição de apps, não para distribuição ou streaming de musica ou video de outras plataformas..

      Eliminar
    3. O mx4 necessita de aprender um pouco sobre o que significa a palavra monopólio e porque é que o país mais capitalista do planeta também tem regras para prevenir essa situação.
      (que, diga-se em abono da verdade, teimam em não ser aplicadas ao caso em específico, $abe-$e lá porquê...)

      Mesmo assim, fico parvo com esse comentário...

      Imagine-se Os donos dos centros comerciais em Portugal a imporem comissões de 27% por cada venda nas lojas - que pagam rendas bem elevadas pela ocupação dos respetivos espaços comerciais...

      Acho que o (ou a?) "m4x" não se está a dar conta do absurdo que aqui está em jogo.

      Eliminar

[pub]