2022/12/06

Notícias do dia

Jovens Europeus recorrem à pirataria e ao trolling; o ChatGPT é capaz de simular um computador e programação; Vodafone oferece dados ilimitados e canais premium nas suas ofertas de Natal 2022; Google com scroll contínuo nos resultados; e Facebook ameaça remover notícias nos EUA.

Antes de passarmos às notícias, relembro que já arrancou o nosso mega-passatempo de Natal com 31 dias de prendas.

TikTok revela vídeos mais populares de 2022

Mantendo a tradição de final de ano, também o TikTok revelou os seus vídeos mais populares de 2022, com a vitória a ter ido para a construção de uma girafa de chocolate. Mas havendo também tops para a secção de tutoriais, músicas e novas estrelas da plataforma.

Curiosamente, muitos dos vídeos seleccionados parecem ser totalmente desconhecidos para muitos utilizadores do TikTok - mas isso é algo que também se faz notar noutros serviços. Muitas vezes também "estou a leste" dos vídeos que o YouTube revela como tendo sido os vídeos mais vistos do ano. :)


Polestar 2 com actualização de $1200 para maior aceleração

Também a Polestar se junta às marcas que disponibilização actualizações para melhorar o desempenho do veículo. Quem tiver um Polestar 2 Dual Motor poderá pagar $1200 para desbloquear uma opção que promete acelerações mais rápidas. Com esta opção, o carro acelera dos 0-100 km/h em 4.2s, mas o destaque indo para a aceleração dos 80 aos 120 km/h que passa a ser feita em 2.2 segundos em vez de 2.7 segundos, e que será mais proveitosa no uso diário em circunstâncias reais.

A marca até usa o facto de ser um pagamento único para se valorizar face a outras marcas (como Mercedes e BMW) que têm insistido no bloqueio de funcionalidades via subscrições. Ainda assim, há quem não aprecie esta tendência de ter que pagar novamente para poder tirar partido da totalidade do seu carro.


Apple faz chegar reparações self-service à Europa

Numa medida que só poder ser explicada como táctica para combater os movimentos que defendem o direito à auto-reparação na Europa, a Apple expandiu o seu idiótico programa de reperações self-service a oito países europeus: Espanha, Bélgica, França, Alemanha, Itália, Polónia, Suécia e Reino Unido.

O programa disponibiliza as peças, ferramentas e manuais para quem quiser reparar os seus iPhones (mas não os mais recentes iPhones 14) e Macs com chips Apple (mas não o mais recente MacBook Air M2). A questão é que o preço de substituição de algo tão simples como uma bateria vai para os 77 euros, além do valor de aluguer das ferramentas (e respectiva caução de mais de mil euros!), que tornam o programa como um mero pró-forma para dizer que "facilitam" as reparações a quem as quiser fazer. Com facilidades destas, quem precisa de dificuldades?
Source

Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: Em Portugal as salas IMAX são relativamente recentes (e na sua maioria são salas com IMAX digital que fica aquém da experiência IMAX em película), mas o primeiro cinema IMAX foi aberto em 1971 no Canadá. O sistema IMAX utiliza película de 70mm com os frames posicionados horizontalmente, resultando numa área 9x superior à de um frame de 35mm, e 3x superior à dos frames de 70mm na orientação vertical convencional

3 comentários:

  1. Em Vila Franca de Xira, a sala de cinema IMAX era em película.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cheguei a assistir a filmes no IMAX de Vila Franca de Xira.

      Eliminar
    2. Exacto, o IMAX de Vila Franca salvo erro abriu em 1994, fechando no fim dessa década.
      Sofreu por ter aberto cedo demais, pois na altura não passava filmes "normais" mas sim documentários e filmes de curta duração feitos de propósito para o sistema, e durante vários meses ou mesmo anos passavam a mesma coisa.
      Só na década de 2000 é que os filmes comerciais de Hollywood começaram a ter versões para IMAX, mas aí já era tarde demais.

      Eliminar

[pub]